Data Center

Como fazemos para que o software de Gerenciamento de Infraestrutura de Data Center (DCIM) não fique isolado de outros sistemas de gerenciamento empresarial?

No Centro de Tecnologia Europeu da Schneider Electric, foi perguntado para Soeren Jensen, Vice-Presidente de Software Empresarial, se há qualquer perigo de o DCIM tornar-se isolado de outros Sistemas de Gerenciamento Empresarial e, em caso afirmativo, como isso pode ser evitado.

Soeren acredita que cabe aos fornecedores individuais de DCIM assegurar que isso não aconteça. Fazer isso exigirá que os fornecedores reflitam bastante sobre como gerenciar o acesso e os dados que entram e saem de sistemas de DCIM e outras plataformas de software. Soeren também afirmou que esse não é um problema novo, e que os fornecedores vêm considerando há algum tempo como podem fazer a comunicação entre os diferentes pacotes de software com mais facilidade, fazê-los trabalhar juntos e compartilhar dados de maneira mais transparente. Não somente isso, mas tudo isso precisa ser feito de forma segura e em escala.

Esse processo está evoluindo de tal forma, que os fornecedores estão percebendo que não podem ser muito rigorosos, prescritivos ou estruturados, no que tange à exigência de determinados tipos de arquiteturas de banco de dados ou maneiras específicas de fazer as coisas. Devem permitir mais criatividade e abertura na extração de dados de várias fontes, quer estejam em planilhas, e-mails ou até mesmo em arquivos de log. As aplicações precisam ser capazes de extrair e transformar dados, carregá-los em um pacote ou um sistema interno do DCIM que necessite utilizar as informações, e tudo isso precisa ser feito simplesmente em grande escala.

Do ponto de vista do cliente, é importante pedir aos seus fornecedores para ajudar a documentar, validar e testar essas interações e interfaces antecipadamente. Se você fizer isso, garantirá que não terá surpresas indesejáveis e deverá ser fácil para os fornecedores realizar um teste de conceito rápido, para demonstrar os aspectos de integração da sua oferta. No entanto, quando você entra em produção, as coisas podem mudar e você precisa tomar cuidado com isso. É importante verificar se os sistemas de produção apresentam essas maneiras ricas de trocar informações entre plataformas e serviços, e este deve ser um requisito fundamental na seleção do seu fornecedor de solução DCIM ou de seu sistema de gerenciamento empresarial.

Como um fornecedor de Software de DCIM na Schneider Electric, Soeren acrescentou que, ao cruzar os domínios ou por meio de integrações de software, algumas vezes vemos pedidos em nossos sistemas que exigem muito da nossa arquitetura. Isso pode impor restrições sobre a maneira pela qual o nosso sistema pode gerenciar essas solicitações específicas.

Considerando tudo que foi dito,  estava curioso para saber se, no futuro, isso poderia sugerir um código-fonte mais aberto para todos as soluções de DCIM. Mas Soeren foi rápido em me dizer que esse não é o caminho provável a ser seguido. Em vez disso, o que ele considera mais provável, especialmente em curto e médio prazo, é um aumento do uso de APIs (interfaces de programação de aplicativos) e serviços web que facilitarão a comunicação aberta entre plataformas de software, incluindo atuar como um gateway para todos os dados e formas claramente documentadas de acesso e compartilhamento desses dados. Isto permitirá que os clientes maximizem a sua capacidade de obter os dados de que necessitam com precisão, facilidade e de modo contínuo, para quaisquer combinações de plataformas que estiverem utilizando.

É possível que o código-fonte aberto possa ocorrer em algum momento no futuro, mas atualmente é mais importante assegurar que nossas interfaces sejam ricas e que, tanto a Schneider Electric, quanto a indústria de DCIM, estejam facilitando a tarefa dos nossos parceiros e clientes de construir serviços e aplicações fáceis e úteis, que melhorem a experiência e os tipos de problemas que podemos solucionar para os clientes.


No Responses

Leave a Reply

  • (will not be published)