Sustentabilidade

Uma estrutura para alcançar a sustentabilidade em Centros de Dados (Data Centers)

Está  ficando  claro  que  nosso  setor  precisará  assumir  uma  posição  forte  em  relação  à  sustentabilidade.

Um relatório recente da 451 Research pesquisou mais de 800 fornecedores de centros de dados (data centers) em todo o mundo e descobriu que a maioria dos entrevistados (57 por cento) vê a sustentabilidade como um diferencial competitivo e cita as expectativas do cliente como um dos principais impulsionadores. Mas apenas 43 por cento disseram ter iniciativas estratégicas de sustentabilidade e melhorias de eficiência em vigor para sua infraestrutura.

Isso significa que a maioria dos provedores de data center em todo o mundo não  dispõem de um plano estratégico de sustentabilidade em um momento em que os clientes estão exigindo e as regulamentações podem exigir isso em breve.

Recentemente, tive o prazer de falar sobre sustentabilidade no evento Rumo à Net-Zero da DCD e minha mensagem retumbante foi organizar e priorizar em relação a sustentabilidade do centro de dados (data center). É um grande empreendimento, mas podemos com sucesso alcançar juntos. A Schneider Electric enfrenta  esse  desafio  com  uma  estrutura  de  cinco  pontas.

 

 Quando se trata de sustentabilidade, não há Plano B

Minha  apresentação, “Quando Não Há Plano B”, Uma Abordagem para Alcançar  a  Sustentabilidade em Centros  de  Dados (Data Centers), mergulhou  fundo  na  estrutura  que  ajudará  sua  empresa  a  se  mover  na  direção  certa.  Claro,  eu  encorajo  você  a  assistir  a  apresentação completa  para  aprender  muito  mais,  mas  aqui  estão  os  destaques:

  1. Defina uma estratégia ousada e acionável – Tudo começa com uma estratégia. Crie uma com objetivos claros e ação priorizada. Você deve alinhar a experiência  e  os  recursos  internos,  tendo as  equipes  de design, suprimentos/compras, operações das instalações e sustentabilidade trabalhando juntas.  Depois, faça um caso de negócios para justificar e financiar projetos, o que exigirá patrocínio executivo e liderança… e  muito provavelmente,  uma  estratégia  para  posicionar  um  valor  no  carbono,  seja  por  meio  do  preço  do  carbono  ou  de  tetos  nas  emissões  de  CO2.
  2. Como indústria, eliminamos 80% das  perdas  de  energia  com  os  projetos  de nossos  centros  de  dados  (data centers), mas  estamos  chegando  ao  ponto de  diminuir  os  retornos. Devemos investir em tecnologias que melhorem a eficiência  energética e  diminuam  a  produção  de  carbono,  como  painéis  de  distribuição livres de SF6 e refrigeração líquida, o que poderia  reduzir  o consumo  geral  de  energia  de TI  e  infraestrutura  em  15%.  E também devemos  priorizar  o  design  circular  projetando para tamanho e peso reduzidos, facilidade de manutenção  e segunda  vida,  o  que  se  traduz  em  menos  matérias-primas,  menos  uso  da  terra,  menores  emissões  de  transporte, etc.
  3. Impulsionar a eficiência operacional – Quando se trata de operações, elas devem ser eficientes e  sustentáveis, e  temos realizado  muito trabalho  nessa  área. Existem sistemas conectados para coletar dados para fornecer visibilidade, rastrear o uso de energia e padrão de  desempenho.  Os  serviços de manutenção  preditiva  ajudam  a impulsionar  a  eficiência  operacional e a confiabilidade, maximizando a vida  útil  por meio dos serviços conectados. Software  e  análises são usados ​​para  monitorar  e  relatar  por  meio  de  painéis,  para  ajudar  a tomar  decisões  informadas  e  rastrear  o  progresso  da  sustentabilidade. Além disso, precisamos  começar a  implementar  painéis  de  recursos  para  rastrear  a  produção  de  carbono. Afinal, você  não  pode  gerenciar   o  que  não  mede.
  4. Compre energia renovável – você pode fazer isso de três maneiras principais – crédito, construção no local e construção  externa. Certificados  de  atributo  de  energia  ou  créditos  de  energia  renovável  são  uma  maneira  simples  e  imediata  de  compensar  sua produção  de  carbono  e  apoiar  a  energia  limpa.  Para  geração  local / distribuída, você  pode  instalar  fontes  de  energia  renováveis  ​​como  painéis  solares  no  local.  O local  pode consumir a  energia limpa  que  é  gerada  ou  você  pode  se  conectar  à  rede.  A  geração  externa  é  principalmente  para  contratos  de  longo  prazo  que  financiam  projetos  de  energia  renovável.  Os  contratos  de  compra  de  energia  ou  PPAs  são  os  mais  comuns.
  5. Descarbonize sua cadeia de suprimentos – este pode ser seu maior desafio. A cadeia de suprimentos do seu fornecedor faz parte da sua produção de carbono. Portanto, faz sentido para os negócios usar fornecedores que  adotam  a  economia  circular  com  circularidade  projetada  em  produtos.  Os  fornecedores  devem  ser  transparentes  sobre  o  impacto  de sustentabilidade  de  seus  produtos  e  devem  produzir  um  Perfil  Ambiental  do  Produto  (PAP/ PEP)  ou  uma  Declaração  Ambiental  do  Produto (DAP/ EPD)  com informações detalhadas  sobre  os  materiais, compatibilidade,  reciclabilidade, etc.  A descarbonização  da  cadeia  de  suprimentos  é  um  tópico  complexo,  mas  se  um  fornecedor  estiver  fazendo  as  coisas  certas,  ele  será capaz  de  elaborar  a  documentação.

Obs.:    PEP    e  EPD   são  as  siglas  em  Inglês

 

Onde está sua empresa em sua jornada climática?

Se  você  está  interessado  em  sustentabilidade  em  centros  de  dados (data centers),  eu  o  encorajo  a  conferir  a  apresentação,  “Quando  Não  Há  Plano  B”,  Uma  Abordagem   para  Alcançar  a  Sustentabilidade  em  Centros de Dados (Data Centers).  Em  seguida,  dê  uma  olhada  fria  e  rigorosa  em  onde  sua  empresa  está  em  sua  jornada  climática.  Talvez  você  esteja  liderando  o  caminho  ou  talvez  esteja  apenas  começando.  De  qualquer forma,  a  Schneider  Electric  demonstrou  sucesso  em  ajudar  as  empresas  em  todos  os  estágios  da  jornada.

 

 

Confira também: Como lidar com os Impactos Ambientais e Cumprir as Metas de Sustentabilidade


No Responses

Leave a Reply

  • (will not be published)