Sustentabilidade

Iniciativas reais para um mundo melhor

A cada 5 de junho, o Dia Mundial do Ambiente leva-nos a pensar sobre um tópico indispensável à nossa vida: a importância da proteção da biodiversidade do nosso lar, o Planeta Terra.

Tal passa sobretudo por protegê-lo das nossas próprias ações, bem como convidar-nos a refletir sobre os nossos processos e hábitos, desde os mais simples aos totalmente industrializados.

Não poderemos ter um futuro sustentável para a Humanidade e as economias se não abordarmos as questões da natureza, do clima e das pessoas de forma integrada.

As empresas têm o dever de se transformar em agentes de mudança contemplando esta visão, sendo conscientes das alterações climáticas e de como o cuidado e a preservação da biodiversidade são parte da solução.

Na Schneider Electric assumimos um papel ativo através da melhoria contínua dos nossos processos, com o propósito de oferecer soluções sustentáveis e com o menor impacto possível para o meio ambiente.

Entendendo que fazemos parte de um ecossistema de relações entre os nossos parceiros, fornecedores e clientes e, assim, desenvolvemos compromissos que não apenas impactam o nosso negócio, mas tudo o que o rodeia.

Não podemos ter um futuro sustentável para a humanidade e económico se não abordarmos a natureza, o clima e as pessoas de uma forma integrada.

5 iniciativas pensadas para gerar um impacto em grande escala

  1. Medimos o nosso impacto sobre a biodiversidade:

Associámo-nos à CDC Biodiversité para avaliar a nossa pegada de biodiversidade em toda a nossa cadeia de valor. Para que nos serve? Para avaliar o nosso desempenho de forma holística e detetar os pontos em que podemos continuar a inovar e reduzir o nosso impacto ambiental.

       2. Comprometemo-nos a neutralizar a nossa pegada de CO2:

Trabalhamos para que em 2030 o nosso impacto líquido na biodiversidade seja nulo em todas as nossas operações. Procuramos alinhar este caminho que traçamos com as recomendações de organismos internacionais como a CBD e a SBTN.

       3. Desenvolvemos soluções e tecnologias que contribuem para a preservação da biodiversidade:

Isto significa ajudar os nossos clientes a fazer mais com menos e a acelerar a sua própria viagem no sentido da sustentabilidade, desenvolvendo ofertas que lhes permitam reduzir o seu impacto. Como o fazemos? A nossa abordagem de ecodesign otimiza a utilização dos recursos, especialmente da água, durante todo o ciclo de vida do produto. Para além disso:

  • Otimizamos a utilização do solo e a contaminação luminosa com as nossas soluções EcoStruxure Building para gestão de edifícios.
  • Procuramos reduzir as emissões de CO2 dos nossos clientes em 800M tCO2 entre 2018 e 2025.
  • Contribuímos para o acesso à eletricidade de 50 milhões de pessoas, ajudando-as a reduzir a sua pressão sobre a biodiversidade.
  • Construímos um mindset focado na economia circular que nos permite pensar a reastreabilidade e a circularidade dos recursos que utilizamos graças à monitorização digital, à análise preditiva e à otimização de ativos.

       4. Envolvemos e transformamos a cadeia de valor:

Uma vez que uma parte importante da nossa pegada se encontra na nossa cadeia de abastecimento, até 2022 estamos a estabelecer vínculos com fornecedores que nos permitam:

    • Aumentar a percentagem de material sustentável dos nossos produtos em 50%
    • Conseguir que 100% das embalagens não contenham plásticos de utilização única e utilizar cartão reciclado
    • Reduzir o CO2 das operações dos nossos 1000 principais fornecedores
    • Evitar o consumo de 420.000 toneladas de recursos graças à “end of life recovery”

         5. Atuamos localmente, envolvendo os nossos colaboradores e parceiros:

Associamo-nos com ONGs como a Global Footprint Network, a WWF e fundos de investimento para a colaboração do meio ambiente, como o Livelihood. Como empresa, estamos a construir um caminho que nos leve alcançar os seguintes objetivos até 2025:

  • 100% dos nossos centros com programas de conservação e restauração da biodiversidade
  • 100% das instalações situadas em zonas de stress hídrico com um plano de ação para a conservação da água
  • 200 centros com a nossa etiqueta “Waste to Resource” (de resíduos a recursos)

Um fluxo que se alimenta a si mesmo: iniciativas dos nossos colaboradores

Na Schneider Electric celebramos o Dia do Mundial do Ambiente durante todo o mês. Cientes do compromisso dos nossos talentos para com a preservação do seu ambiente, oferecemos-lhes as ferramentas necessárias para inovar de forma sustentável tanto dentro, como fora de casa.

Na Rússia, por exemplo, estamos a plantar árvores em redor das nossas instalações e organizamos saídas para limpar as margens do Rio Volga.

Por outro lado, em Puente la Reina (Navarra) os colaboradores estão a levar a cabo um projeto para a proteção dos quirópteros, mais conhecidos como morcegos.

Como o estão a fazer? A partir da economia circular, transformaram o seu modelo de gestão de resíduos e conseguiram identificar as paletes danificadas que já não podem ser recuperadas para a sua função inicial, transformando-as em refúgios para morcegos.

Esta iniciativa encontrou aliados na administração local, em associações espanholas especializadas em quirópteros e até numa associação energética local muito ativa em questões ambientais.

Por outro lado, na fábrica de Meliana os colaboradores criaram a sua própria horta urbana em redor das instalações, enriquecendo o seu habitat através da melhoria da qualidade do ar e gerando alimentos de proximidade.

Como podemos ver, numa escala maior ou menor, o importante é assumir um papel ativo no lugar que nos toca e que nos comprometamos, com ação e responsabilidade, de forma a conseguir uma mudança positiva, não apenas para nós, mas sobretudo para o meio ambiente. Começamos?


No Responses

Leave a Reply

  • (will not be published)