Sustentabilidade

Schneider Electric é eleita a primeira em ranking das corporações mais sustentáveis do mundo

São Paulo, 25 de janeiro de 2021 – A Schneider Electric, líder em transformação digital em gerenciamento de energia e automação, aposta hoje na sua estratégia de longa data para incorporar considerações ambientais, sociais e de governança em cada faceta de suas atividades – e para auxiliar seus clientes e parceiros a alcançar os próprios desafios de sustentabilidade.

O anúncio coincide com a notícia de que a Corporate Knights, veículo canadense e empresa de pesquisa que produz rankings e avaliações de produtos financeiros baseados no desempenho corporativo em sustentabilidade, reconheceu pela primeira vez a Schneider Electric como a número um no seu índex anual das 100 corporações globais mais sustentáveis do mundo , um grande salto da 29ª posição, que ocupava no ano anterior. O ranking 2021 representa importante reconhecimento externo para o compromisso da Schneider Electric com as questões de ESG. Também destaca a transformação da companhia em fornecedora líder de soluções para facilitar eficiência energética e sustentabilidade.

O centro de nossa estratégia é criar um negócio e uma companhia sustentáveis. Clientes, funcionários, parceiros e investidores jamais estiveram tão focados em considerações de ESG quanto agora. A Schneider há muito tempo abraçou essas causas e continuamos a subir a régua para nós mesmos e para nossos clientes e parceiros”, diz Jean-Pascal Tricoire, presidente e CEO da Schneider. “Quando apresentamos nosso barômetro de sustentabilidade em 2005, éramos alguns dos primeiros a abraçar as questões de ESG. Mas esses compromissos ESG não podem ser tratados isoladamente e reforçamos os nossos a cada três anos. Todos nós – companhias, governos, indivíduos – podemos contribuir com um mundo mais verde e inclusivo. Nossos novos compromissos definem os próximos passos de nossa contribuição”, completa

O novo programa da Schneider de Impacto Sustentável (SSI) abrange o período de 2021 a 2025 e representa uma aceleração significativa das metas anteriores. Ele se baseia em seis compromissos de longo prazo, definidos para cumprir cada um dos objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU. Esses compromissos são: agir por um mundo positivo para o clima, ser eficiente com recursos, viver de acordo com princípios de confiança, criar oportunidades iguais, aproveitar o poder de todas as gerações e empoderar comunidades locais.

“A habilidade e a vontade de tornar o mundo mais verde e mais igualitário não é só uma responsabilidade moral – também faz sentido para os negócios”, afirma Olivier Blum, diretor de Estratégia e Sustentabilidade da Schneider. “O ano de 2020, marcado pela covid-19, uma série de desastres relacionados ao clima e o quinto aniversário do Acordo de Paris, reforçou a urgência por ação. Também intensificou o apetite dos nossos clientes para acelerar as próprias transições por um mundo de baixo carbono. Nossas soluções podem ajudá-los a atingir seus objetivos também.”

Onze metas concretas, a ser alcançadas até 2025, sustentam esses compromissos. E, pela primeira vez, líderes de mais de cem mercados onde a Schneider opera vão definir metas locais para encaminhar as necessidades de base de suas comunidades.

Programa de Impacto Sustentável da Schneider 2021- 2025:

Compromissos de longo prazo – 11 metas para 2021-2025

Clima

  1. Aumentar receitas verdes em até 80%
  2. Evitar 800 megatoneladas de emissões de CO2
  3. Reduzir emissões de CO2 de operações de mil fornecedores em 50%

Recursos

  1. Aumentar o conteúdo de material verde nos produtos em 50%
  2. Agir para que 100% das embalagens primárias e secundárias sejam livres de uso de plástico não reciclado e adotem papelão reciclado

Confiança

  1. Estimular 100% dos fornecedores a empregar de forma justa
  2. Medir o nível de confiança dos funcionários para reportar comportamentos contra os princípios de confiança

Igualdade

  1. Aumentar a igualdade de gênero na contratação de gerentes e times de liderança (50/40/30)
  2. Prover acesso à eletricidade verde a 50 milhões de pessoas

Gerações

  1. Criar oportunidades para a próxima geração – duas vezes mais para estagiários, aprendizes e trainees
  2. Treinar um milhão de pessoas com menos condições em gerenciamento de energia

 

Local

100% dos presidentes de país e zona definem três comitês locais que vão impactar suas comunidades de acordo com as transformações de sustentabilidade da Schneider.

Muitas vezes reconhecida em rankings-chave por suas conquistas em sustentabilidade, a Schneider vai continuar a reportar seu desempenho extrafinanceiro trimestralmente, como vem fazendo desde o lançamento do primeiro barômetro de sustentabilidade corporativo, em 2005.

No último ano, a Schneider já avançou no próprio roadmap de descarbonização e se tornou o primeiro signatário do Climate Pledge; foi a primeira companhia a emitir um título conversível ESG ; também foi ranqueada no Corporate Disclosure Project (CDP) A-List por sua transparência ambiental e ações pelo 10º ano consecutivo; e foi incluída no Top 50 de Líderes da Diversidade da Financial Times, o Financial Times’ Top 50 Diversity Leaders ranking.

Acesse a estratégia de sustentabilidade da Schneider – Schneider’s sustainability strategy – e o ranking de Corporate Knights das cemcorporações globais mais sustentáveis do mundo – Global 100 most sustainable corporations in the world –, em que a Schneider ocupa o primeiro lugar.


No Responses

Leave a Reply

  • (will not be published)