Saúde

A importância da resiliência e da confiabilidade na rede elétrica em hospitais

Durante o tempo em que fica internado no hospital, um paciente é conectado a diferentes tipos de dispositivos eletrônicos, seja para monitoramento, seja para diagnóstico ou para mantê-lo vivo. Agora, imagine o que aconteceria se a energia falhasse no meio de uma cirurgia ou quando uma pessoa está na UTI ligada a um desses equipamentos de apoio à vida. Basta olhar para o contexto atual, com uma crise sanitária como a da pandemia da Covid-19. Ter falhas com a rede elétrica pode significar o mau funcionamento de ventiladores pulmonares, vitais para pacientes em estado crítico, o que agrava o cenário. Por isso da importância da resiliência e da confiabilidade na rede elétrica em hospitais.

Infelizmente, defeitos na rede elétrica são mais comuns do que gostaríamos. E, além do valor incalculável das vidas expostas ao risco, há também os custos financeiros relacionados a essas interrupções. A Schneider Electric estima que este tipo de problemas cause um prejuízo de avaliado em 188 bilhões de dólares por ano nos EUA e 150 bilhões de euros na Europa.

É possível prevenir incêndios?

Incêndios são, na maioria das vezes, causados por problemas com a eletricidade, onde então entra a confiabilidade na rede elétrica?

Diversos equipamentos complexos ligados ao mesmo tempo, muitos operando precariamente, podem sobrecarregar a rede. A constante necessidade de obras para a incorporação de novas máquinas é outro fator que facilita este tipo de acidente. A falta de manutenção e/ou a manutenção inadequada, bem como a ausência de monitoramento, também representam uma ameaça, já que podem gerar transtornos como interrupção de energia e choques elétricos.

Além disso, uma rede elétrica de má qualidade compromete a eficiência de equipamentos de exames, por exemplo, e pode, inclusive, danificar máquinas caríssimas, gerando um prejuízo desnecessário para a instituição. Estes e outros problemas são agravados por um fator: em um ambiente hospitalar, a energia não pode ser desligada sob nenhuma condição.

A mentalidade do hospital resiliente

Ter um hospital resiliente significa que suas operações são contínuas. Para tanto, é preciso que a estrutura que está por detrás dele trabalhe com o conceito de prevenção, seja proativa, garantindo a preservação de recursos. Por isso, pensar em resiliência energética, baseada na tecnologia IoT (Internet das Coisas), é fundamental.

Como isso funciona? Diferentes sistemas, como os de HVAC (aquecimento, ventilação e ar-condicionado), iluminação e segurança, por exemplo, operam de forma interligada, enviando dados em tempo real para um software de monitoramento. Tudo isso é feito com ferramentas digitais, que possibilitam uma gestão remota.

Por meio de um controle holístico, feito em tempo real com a IoT, é possível detectar os menores sinais de problemas antes mesmo que eles aconteçam, e agir com rapidez, garantindo a continuidade das operações e a segurança de todos, resultando assim em uma maior confiabilidade na rede elétrica. A resiliência hospitalar deve incluir, ainda, a correta operação de uso de geradores e UPS.

As vantagens de investir na digitalização da distribuição de energia são muitas. Além da garantia de ininterrupção da rede elétrica, há ganho em agilidade, confiabilidade na rede elétrica, segurança e eficiência. Equipes que trabalham no hospital podem focar apenas no cuidado ao paciente, em vez de se preocuparem com a infraestrutura do edifício. Isso gera um grande impacto na qualidade do serviço. Sem falar na significativa redução de custos, ao minimizar desperdícios que são detectados e corrigidos.

A digitalização de rede elétrica hospitalar

No “novo normal”, é fundamental caminhar em direção à era da digitalização da infraestrutura elétrica nos hospitais. Soluções estão sendo criadas ou aperfeiçoadas para assegurar a resiliência e a confiabilidade na rede elétrica e elas, cada vez mais, vêm se tornando um diferencial competitivo que pode salvar vidas.

 

Confira alguns vídeos de apoio:

Incêndio, como evitar

3 Normas da Elétrica que você precisa conhecer


No Responses

Leave a Reply

  • (will not be published)