Residencial

Vai uma Ajudinha: novos conteúdos úteis para o eletricista

Hoje iniciamos uma nova secção no nosso blog, dirigida especialmente aos profissionais eletricistas, porque o seu trabalho é essencial nesta nova era da casa inteligente.

Garantem o bom funcionamento dos dispositivos, equipamentos, eletrodomésticos, sistemas, etc., de forma segura e eficiente, protegendo as empresas e as habitações. Mais do que isso, o seu trabalho permite ajudar os utilizadores a otimizar as suas faturas da eletricidade numa altura em que a sua casa se tornou o centro das suas vidas. Das nossas vidas.

Nesta nova secção, “Vai uma Ajudinha”, explicaremos as principais tendências para 2021 e, para isso, seremos acompanhados por especialistas em mobilidade elétrica, casa conectada, proteção avançada do quadro elétrico, escritórios do futuro e muitos outros temas.

E por falar em tendências, estes são, sem dúvida, tempos desafiantes; e em todos os sentidos, pelos desafios que temos de enfrentar e pelas oportunidades que nos são oferecidas.

Rumo a uma casa mais eficiente

Para atingir os objetivos de neutralidade climática, 9 em cada 10 edifícios existentes devem ser modernizados – 80% dos edifícios foram construídos há mais de três décadas e o ritmo de envelhecimento está a aumentar 3,3% por ano. Neste sentido, as tecnologias inteligentes desempenham um papel fundamental, uma vez que não só maximizam o conforto dos ocupantes, como também têm a capacidade de melhorar a eficiência energética das suas casas.

Estamos a falar de melhorias de 15% ou 25%, se incluirmos os sistemas de climatização.

Conscientes deste facto, cada vez mais proprietários optam por integrar estas tecnologias. De facto, grande parte da população já tem algum tipo de dispositivo inteligente em sua casa – nomeadamente, assistentes de voz, termóstatos inteligentes, frigoríficos ou fornos inteligentes, ou iluminação inteligente – e, mais importante, as pessoas já consideram frequentemente investir em alguma forma de tecnologia inteligente.

Mas não falamos apenas de dispositivos conectados. Veremos também como as energias renováveis, o armazenamento de energia com baterias, as microgrids e os veículos elétricos irão entrar nas casas e empresas do nosso país.

Rumo a uma casa mais adaptável

Continuando com a necessidade de renovar o parque habitacional nacional, juntamente com a já mencionada urgência de adaptar estes edifícios aos critérios de eficiência energética atuais, existe outro fenómeno que deu um impulso extraordinário ao setor da reabilitação: a pandemia de COVID-19.

Segundo um estudo da plataforma Habitissimo, de junho de 2020, os pedidos de melhoria das habitações aumentaram 36% em relação ao mesmo mês do ano anterior. Também o facto de termos transferido a maioria das nossas atividades para as nossas casas obrigou muitos proprietários a adaptá-las às suas novas utilizações.

Nesse ponto, abre-se outra área de possibilidades para os eletricistas: o escritório doméstico, ou home office. Este é um espaço que deve ser flexível, modular e sustentável para satisfazer as expectativas e necessidades dos ocupantes em teletrabalho. O ambiente deve ser reorganizado e eletrificado de novo, e a instalação deve ser otimizada para reduzir o consumo.

Tanta tecnologia poderá ser avassaladora para os proprietários, mas é aqui que entram vocês, eletricistas profissionais: para os orientar sobre quais as melhores soluções para as suas necessidades específicas.

A vossa função também é aconselhá-los acerca das ferramentas que têm à sua disposição para tornar este investimento mais acessível, tais como os planos criados pelo Governo para canalizar as ajudas europeias e cujos objetivos incluem melhorar a eficiência energética dos edifícios e impulsionar a adoção de veículos elétricos no setor residencial.

Sempre ao vosso lado

Se este ano nos demonstrou alguma coisa é que, mesmo estando separados, estivemos mais unidos do que nunca. Ao longo de 2020 lançámos inúmeros webinars – sobre soluções de carregamento de veículos elétricos EVlink, home office e soluções para o segmento residencial, entre vários outros – cujo interesse e valor foram amplamente demonstrados pelos mais de 1000 especialistas que os frequentaram.

Agora queremos dar mais um passo para continuar ao vosso lado com esta nova secção de conteúdos de blog. Pois, sabemos que não têm muito tempo livre e queremos proporcionar-vos toda a informação de que necessitam em menos de 5 minutos, para que se possam manter atualizados sobre todas as novidades do setor elétrico.

Naturalmente, a vossa opinião é importante para nós. Por este motivo, concebemos este espaço como algo dinâmico. Assim, se quiserem que abordemos um assunto específico, convidamo-vos a propô-lo através das redes sociais. Basta mencionar-nos e utilizar o hashtag #VaiUmaAjudinha. Vamos começar?


No Responses

Leave a Reply

  • (will not be published)