Life @ Schneider Blog

Como é ser Trainee na Schneider Electric?

Crescemos nos preparando para ingressarmos no mercado de trabalho, mas o que muitos de nós não percebemos é que nós também moldamos o mercado de trabalho para nos receber. No auge dos meus 25 anos, ainda que seja considerada uma early career, conto com quase 10 anos no mercado de trabalho, mas foi ao entrar na Schneider Electric que me dei conta que mais do que uma testemunha nós somos os catalizadores destas evoluções.

Junia_Trainee

Junia participando das gravações do vídeo do Programa de Trainee

O que torna esta empresa fascinante vai além do que ela entrega de valor com seus incríveis produtos e soluções digitais em energia para eficiência e sustentabilidade e da forma com que ela se posiciona para assegurar que Life is On para todos em todos os lugares a qualquer momento. É quando estamos imersos aqui e vemos a mágica acontecer todos os dias que entendemos que estamos uma empresa que respira e transpira por seus valores gerando uma cultura organizacional que empodera e valoriza seus funcionários, nos acolhendo e energizando.

Junia_Colombia

Junia ao lado dos demais trainees América do Sul fazendo uma apresentação aos diretores.

Embora admirasse de longa data a SE, foi através do programa de trainee Leaders for the Future que encontrei a oportunidade ideal de aqui ingressar para liderar projetos transversais na América do Sul, no Brasil e na área de finanças. Cada um deles cumpriu um seu papel de maximizar meu desenvolvimento pessoal e profissional ao respaldar a aquisição de um conhecimento profundo e amplo da Schneider Electric, mas gostaria de destacar quatro que foram marcantes em minha trajetória:

Projetos na área de atuação

Antes de entrar na SE havia decidido realizar uma transição de carreira da área de gestão da cadeia de suprimentos para a área de Finanças, pois considerava que esta experiência era fundamental para o meu desenvolvimento profissional e gerencial, afinal grandes ideias só se tornam viáveis e sustentáveis quando a respaldadas por uma boa gestão financeira.

Já na SE, essa decisão se mostrou-se acertada e extremamente gratificante pelo aprendizado e resultados que tenho gerado. Com o Projeto “Credit Platform” utilizei a metodologia do design thinking para diagnosticar e desenvolver uma metodologia que permitisse que a  sinergia e visibilidade das demandas da área comercial e de crédito viabilizando que finanças identificasse prioridades e atuasse de maneira mais proativa e consultiva. O projeto foi bem recebido e até o final do ano deverá ser implementado nos demais países da América do Sul.

América do Sul

Os projetos de nível regional eram executados em conjunto com os trainees dos demais países da América do Sul e não tinham relação com nossas áreas e backgrounds. Seu propósito era nos estimular a desenvolver competências e aptidões mais amplas e transversais, incentivar a inovação e nos preparar para atuarmos em projetos à distância e culturalmente diversos. Através destes projetos pude experimentar a rotina de um chefe de produto ao desenvolver um plano de negócios e da equipe de RH para desenvolver soluções de atração e retenção de early Careers, este projeto inclusive pode ser apresentado presencialmente ao VPs de RH da América do Sul e International Ops.

Para apresentação deste projeto tivemos a oportunidade de nos reunirmos na Colombia e ter uma semana de treinamentos, visitas e exposições que nos marcaram e transformaram profundamente.

Brasil

Como parte do squad de inovação, fui responsável por promover o a cultura de inovação na SE Brasil e assim acelerar as iniciativas locais de Open Innovation, nos aproximando do ecossistema de inovação e fomentando o uso dos benefícios que temos como mantenedores do Cubo Itaú, principal Hub de Inovação do Brasil.

Junia_Cubo

Junia ao lado de diversas pessoas no Cubo do Itaú.

O primeiro ano acabou e agora?

Com os resultados obtidos veio o reconhecimento em forma de uma nova posição e desafio, agora sou a mais nova (em idade também) Controller e Finance Business Partner de Industry no Brasil, sendo responsável pela gestão dos resultados e indicadores financeiros produzindo análises, diagnósticos e assegurando a coerência da performance comercial do plano tático com o plano estratégico.

Junia_Hora do Sino

Junia ao lado da Gerente de Talent Acquisition, Daniela Cardim e Diretor de Industry, Carlos Urbano comemorando resultados da companhia.

Como primeira turma do programa de trainee tivemos o privilégio de cooperar com o RH na construção desta jornada intensa e gratificante. Com a celebração dos sucessos do primeiro ano de programa agora damos boas-vindas a nova geração de trainees.

Em uma empresa da magnitude da Schneider Electric com tantas oportunidades de aprender e se desenvolver todos dias, acreditem esta jornada está apenas começando!

Junia_Life Is On

Junia está sentanda em um monumento em formato de “On” que representa “Life Is On”.

Texto de Junia Leite da Silva que é Finance Business Partner & Digital Innovation & Technology da Schneider Electric.

Siga ela no LinkedIn clicando aqui.

Quer fazer parte da Schneider? Clique aqui e conheça nossas oportunidades! Inscreva-se para o Programa de Trainee 2021 


One Response
  1. Edson Martins da Silva

    Muito bom o artigo que mostra como um bom programa de trainee é uma ótima alternativa para captar novos talentos para a empresa, promovendo o desenvolvimento da carreira da nossa juventude.

    Responder

Leave a Reply

  • (will not be published)