Inovação

As 4 grandes tendências para 2020 na área de energia

Nos últimos anos, as transformações ocorridas no setor de energia no Brasil e no mundo foram significativas: sistemas de distribuição antes pouco acessíveis chegaram ao mercado, e inovações se tornaram cada vez mais presentes. Mas em face dos acontecimentos que nos rodeiam atualmente e que assolam o mundo, o que 2020 nos reserva? O que podemos pensar que acontecerá nos próximos meses em termos de geração, distribuição e uso de energia diante da realidade que vivemos?

As quatro grandes tendências para 2020 na área de energia

 

1) Redução da pegada de carbono

Grandes mudanças começam com ações pequenas, mas consistentes. Temos como objetivo inabalável nos tornarmos neutros em carbono, e, conforme anunciamos na Cúpula de Ação Climática da ONU, queremos antecipar isso de 2030 para 2025.

Além disso, somos participantes da Rede Brasil do Pacto Global da ONU, que possui 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Eles devem ser implementados em todos os países do mundo até 2030 e atuam como um guia para as empresas entenderem a urgência de desenvolver um negócio sustentável e o impacto que essas ações – ou a ausência delas – pode ter em curto, médio e longo prazos.

Junto à ONU Meio Ambiente, mais de 150 líderes adotaram formalmente uma agenda de desenvolvimento sustentável. Sou porta-voz do ODS 7, que versa sobre energia acessível e limpa, e tenho como missão disseminar essas informações no país.

2) Energias renováveis

Uma das tendências mais fortes é a adoção de energias renováveis. A urgência de ter a sustentabilidade na estratégia de negócios – somada ao interesse crescente por parte das novas gerações de cuidar do meio ambiente e a consciência gerada perante situações que afetam o bem-estar – nos projeta para outro patamar.

Até o ano 2040, o consumo global anual de eletricidade será 70% mais alto do que em 2015, de acordo com estimativas da International Energy Agency. Esse crescimento absurdo nos deixa com questões a serem respondidas. Como reduziremos as emissões de combustível fóssil consumindo o dobro de eletricidade? Como os sistemas de distribuição de energia de hoje deverão evoluir para atender a essa demanda?

E é aqui que começamos a falar sobre microgrids – nada mais do que redes de distribuição de energia que contam com uma ou mais fontes de geração locais e independentes de distribuição. Em um cenário socioeconômico de mudanças crescentes e preocupações ambientais cada vez maiores, os microgrids se apresentam como uma alternativa para garantir o abastecimento e atender à redução do uso de combustíveis fósseis.

3) IoT: a evolução de um mundo conectado JÁ!

A internet das coisas é uma realidade e move organizações, negócios e faz o mundo como ele é hoje. Não teremos mais o antigo “normal” para voltar. Da mesma forma que não conseguimos nos imaginar trabalhando, convivendo e realizando as mais diferentes tarefas no dia a dia sem conexão, a pergunta que cabe aqui é: o que seria da indústria sem big data, principalmente em um momento como este?

Hoje, é possível afirmar sem medo de errar que todos os caminhos levarão à indústria 4.0, ou seja, à completa descentralização de controle dos processos produtivos. Com o avanço da inteligência artificial, da computação cognitiva e de outras inovações tecnológicas, automatizar é o caminho natural para aumentar a competitividade e a produtividade dos mais variados setores da economia.

4) Dispositivos inteligentes e conectados: presente e futuro

A importância do aqui e agora nunca foi igual. Será que nossos avós algum dia pensaram em ter à disposição um dispositivo que fosse controlado por voz? Ou pensamos que fosse possível fazer chamadas de videoconferência com centenas e até milhares de pessoas conectadas, independentemente do lugar?

Algo que a ficção colocava em um futuro distante virou realidade agora. Os produtos e serviços que desenvolvemos asseguram que o lugar onde vivemos seja cômodo, conectado digitalmente e eficiente no uso da eletricidade. A possibilidade de controlar, por exemplo, computadores e equipamentos à distância beneficia não apenas o departamento de TI, mas a estrutura organizacional como um todo. As empresas não podem mais viver sem isso. O futuro cruzou com o presente.

Na Schneider Electric, acreditamos que existe uma maneira melhor, mais relevante e digital de viver neste exato momento. Entendemos que a tecnologia é uma vantagem única de conexão de rede para que possamos viver a vida da forma como desejamos, mais feliz e produtiva.

Pensando e agindo assim, contribuímos para um mundo mais sustentável e agradável, com dispositivos e ofertas que de fato facilitam o cotidiano de todos agora e sempre.

Saiba mais sobre o ODS 7

Confira a entrevista com Marcos Matias sobre a Transformação Digital na TDWC 2020


No Responses

Leave a Reply

  • (will not be published)