Gestão de Máquina e Processos

Quanto mais liso, melhor: A origem da estética faceada nas máquinas

Pergunta: O que as bruxas e os vampiros têm em comum com as máquinas industriais? Resposta: Todos passaram por reformas sérias que os transformaram de patinhos feios em cisnes graciosos. Os narizes cobertos de verrugas e as presas afiadas dos contos de fadas da nossa infância foram substituídos pelos belos espécimes que povoam a televisão e os filmes de hoje (pense nos filmes como Crepúsculo). Show business entendeu que um restauro estético faria seus monstros mais atraentes e populares com um público mais amplo.

Da mesma forma, as máquinas industriais também sofreram uma evolução estética que mudou e evoluiu do design antigo para se tornar um elemento chave no desenvolvimento de novas máquinas e painéis. Conheço cada vez mais fabricantes de máquinas que priorizam o design, usam consultores de design ou até mesmo mantêm suas próprias equipes de design dedicadas, responsáveis ​​pela aparência e sensação de seus produtos.

Hoje, gostaria de dar uma olhada mais de perto na história de uma das principais tendências estéticas do mercado: a montagem faceada de produtos montados em painel, como botões. Isso pode não parecer uma mudança monumental, mas como as imagens abaixo ilustram claramente, o impacto do novo design é significativo e positivo.

A tendência para os botões faceados começou a aparecer na Ásia no início do milênio, quando os fabricantes de máquinas de controle numérico computadorizado (CNC) começaram a substituir progressivamente seus teclados de 16mm de diâmetro por teclados de membrana. A ergonomia plana e a fácil instalação da interface de folha plástica atendem melhor às necessidades de uma interface complexa de grande porte. Por outro lado, também era importante para eles manter a ergonomia háptica (ou tátil) de um botão “real” para funções-chave, como desligar a máquina. Eles começaram a trabalhar na integração da interface de membrana e dos tradicionais botões de pressão. Isso resultou na solução de montagem faceada.

Seguindo a liderança dos fabricantes japoneses de botões, outros fabricantes asiáticos logo lançaram suas próprias soluções faceadas e a tendência começou a crescer em toda a região Ásia-Pacífico.

Botões faceados metálicos

Enquanto isso, na Europa e nas Américas, embora as interfaces mais planas estivessem surgindo em todos os lugares de nossas vidas cotidianas – como os botões faceados nos elevadores -, as máquinas industriais pareciam permanecer indiferentes a essa atualização estética. A nova ergonomia começou a aparecer nas máquinas de embalagem como resposta aos requisitos aprimorados de higiene para aplicações de alimentos e bebidas. A superfície plana era mais fácil de limpar e significava menos acúmulo de poeira, de modo que os painéis com botões fossem faceados se tornavam a solução ideal para essas aplicações.

Ao mesmo tempo, produtos mais complexos, como telas sensíveis ao toque e medidores de energia voltados para a frente, também se tornaram mais lisos à medida que a tecnologia de tela continuou a evoluir (e vimos nossas televisões ficarem mais finas…). A estética faceada, com suas vantagens em ambientes como a indústria alimentícia e apoiada pelos mais recentes produtos, está se tornando o padrão para todos os tipos de máquinas.

Quer conhecer nosso botão faceado ?

Para saber mais sobre as soluções da Schneider Electric, convido-o a descobrir a nossa linha de produtos Harmony. www.schneider-electric.com.br/controle

Gostou do artigo? Conheça também sobre as cores dos botões clicando aqui.

Não esquece de deixar seu comentário.


No Responses

Leave a Reply

  • (will not be published)