Gestão de infraestrutura

Por que contratar ERP para lojas? Conheça as vantagens!

A tecnologia já é uma constante na rotina das pessoas, automatizando e, consequentemente, otimizando as atividades. E a boa notícia é que tais facilidades também estão cada vez mais presentes na gestão empresarial. É o caso, por exemplo, da implantação de um ERP para lojas. Você sabe do que se trata?

O acesso a processos automatizados nunca foi tão primordial quanto agora, independentemente do segmento do negócio. Contudo, as lojas se beneficiam de forma impressionante dessas estratégias inteligentes — utilizar um sistema que garante maior controle, segurança e organização é a chave para atingir o sucesso e a excelência desejados.

Neste post, você vai descobrir o que é o ERP, como ele funciona e quais são os seus maiores benefícios para as lojas. Confira!

O que é ERP?

A sigla ERP vem de “Enterprise Resource Planning”, que significa Planejamento de Recursos Corporativos. Ou seja, é um sistema de gestão responsável pelo planejamento dos recursos de uma empresa, que automatiza processos, controla diversas áreas do negócio e fornece mais eficiência.

O sistema ERP funciona como um grande banco de dados que integra áreas e ações. Nele, é possível ter acesso e analisar várias informações necessárias para o bom andamento da empresa — financeiro, estoque, cadastro de clientes, atendimento, entre outros.

Com essa plataforma, que pode funcionar como um software instalado ou online, há o auxílio necessário para uma boa gestão, gerando mais produtividade, faturamento e, consequentemente, crescimento empresarial.

Por que contratar um sistema ERP?

Para que você tenha um sistema ERP na sua loja, é preciso realizar uma contratação do serviço. Até algum tempo atrás, no entanto, tal iniciativa era praticamente impensável, principalmente para pequenas e médias empresas. Isso porque o valor do investimento era muito alto.

Hoje, desde as grandes corporações até os pequenos empreendedores podem contar com a funcionalidade, uma vez que as plataformas se massificaram e são encontradas por preços acessíveis e justos. Então, por que não apostar em um investimento tecnológico que só agrega valor ao negócio?

Quando uma empresa tem essa facilidade, com um controle maior de todos os seus setores — funcionando harmoniosamente e com alta produtividade —, ela garante uma colocação de destaque no mercado. Afinal, a concorrência é alta no mundo globalizado, e quanto mais automação você tem em seus processos, mais tempo sobra para as questões que realmente importam.

Quais são os benefícios de um ERP para lojas?

Até aqui, já deu para perceber que o sistema ERP é uma verdadeira revolução nos processos, primordialmente os internos. Então, vale explicar um pouco mais algumas das maiores vantagens desse recurso. Acompanhe!

Controle de estoque

O estoque é um aspecto essencial em qualquer loja — seja ela física ou virtual. Logo, o seu controle é o que garante o bom funcionamento das vendas e, assim, a lucratividade. Por meio do sistema ERP, essa tarefa é bastante otimizada, uma vez que, em um só lugar, você visualiza e administra todas as entradas e saídas, os produtos mais vendidos, a necessidade de reposições, entre outros detalhes.

Integração de áreas e processos

Algumas empresas sofrem com falhas de comunicação, já que um setor, às vezes, não está interligado aos demais. Muitas informações são perdidas nesse caminho e, com elas, tempo e dinheiro. Entretanto, para quem confia em um ERP para lojas, essa não é uma dificuldade.

Acontece que uma das maiores características do sistema é, justamente, integrar diversas áreas e processos. Então, fica mais fácil gerir tudo em um só lugar, ou seja, na plataforma ERP. O setor de vendas, por exemplo, fica ligado ao estoque e, da mesma forma, tem acesso às informações financeiras para negociar boas vendas dentro da melhor margem para o cliente.

Diminuição dos custos

Quando você automatiza tarefas e encurta caminhos, sobra mais tempo para trabalhar em ações humanas, que fazem a grande diferença no sucesso de um negócio. Assim, com esse tempo otimizado, há um aumento considerável na produtividade de toda a equipe, bem como melhorias na produção. E não para por aí.

A automação consegue detectar desperdícios de materiais e, é claro, potencializa a mão de obra. Logo, o que temos é uma diminuição de gastos, além de redução dos prazos, melhorias nos fluxos operacionais e, por fim, clientes satisfeitos com o serviço e o atendimento.

Acessibilidade de dados

Assim como explicamos no tópico sobre integração, o sistema ERP agrupa vários setores num só lugar. Dessa maneira, a plataforma permite um acesso mais democrático e organizado a todos os dados do negócio.

Principalmente em soluções online, o ERP para lojas garante uma acessibilidade antes nunca vista no mercado: você checa as informações que precisa de qualquer lugar e a qualquer hora, por meio da internet.

Controle de caixa

Qual empresa vai para frente sem um bom controle de caixa? Nenhuma. Por isso, um bom gerente de compras hoje adere ao sistema de ERP para lojas. Com a ferramenta, nunca mais haverá confusão entre fluxo de caixa, prazos e entregas.

Os valores de recebimentos e as despesas ficam todos contabilizados de forma organizada na plataforma, gerando as informações necessárias para mensuração de forma automatizada. Assim, você trabalha em cima de dados reais e concretos e planeja melhores resultados.

De quebra, o ERP ainda permite a emissão de boletos e Notas Fiscais, além de promover a diminuição de erros tributários. Portanto, a loja fica livre de multas inesperadas e conta com maior segurança em suas transações financeiras.

É inegável a contribuição positiva de um ERP para lojas em sua organização logística e na criação de boas estratégias a partir de dados e balanços. Ainda podemos destacar, mais uma vez, que a otimização do tempo presenteia os gestores com um espaço na agenda para se dedicar a assuntos de maior relevância — deixando os processos operacionais para a automação.

Vale lembrar, no entanto, que para uma boa implantação do ERP, é necessário um treinamento efetivo de pessoal. Afinal, de nada adianta ter um ótimo sistema se os colaboradores não estiverem aptos a utilizá-lo. Concorda?

Se gostou de saber mais sobre o ERP para lojas, continue aqui no blog e confira 6 dicas de como vender mais e impulsionar o seu negócio


No Responses

Leave a Reply

  • (will not be published)