Gestão de EnergiaEficiência Energética

Digitalizando seu sistema de energia elétrica de maneira simples, inteligente e estável

No meu último post, falei sobre as dificuldades enfrentadas por equipes de manutenção em manter as instalações elétricas críticas operando com segurança, confiabilidade, eficiência e conformidade com normas/regulamentos. Analisamos os riscos ocultos que tornam esses objetivos ainda mais desafiadores. Um sistema de distribuição de energia elétrica totalmente digitalizado fornece informações detalhadas necessárias para que você não fique mais trabalhando “às cegas”.

Neste post, veremos as tecnologias digitais específicas que podem ajudá-lo a alcançar seus objetivos de eficiência e continuidade de serviço, facilitando seu trabalho.

A digitalização está em toda parte

Quase todos os aspectos de nossas vidas foram digitalizados. Considere o veículo que você dirige. Se você possui um modelo bastante recente, todos os aspectos de sua operação são monitorados, exibidos e, em alguns casos, automaticamente controlados. Esses avanços estão tornando a condução mais segura, mais confiável, mais eficiente e compatível com regulamentos como padrões de emissões de gases, tornando também a direção mais fácil e agradável.

Lidar com a complexidade dos veículos modernos sem a ajuda da digitalização é impensável – imagine solucionar um problema sem um scanner de diagnóstico. O mesmo vale para sistemas de distribuição de energia elétrica, que se tornaram cada vez mais complexos, principalmente por:

Mais cargas, muitas delas cada vez mais sensíveis ao fornecimento de energia

Muitos tipos de cargas, como inversores de frequência, os quais são potenciais fontes de problemas de qualidade de energia.

Geração e armazenamento no local, exigindo perfeita harmonia para funcionar como backup de energia, geração em horário de ponta ou consumo de energia renovável quando for mais econômico.

À medida que aumenta a complexidade e sofisticação de nossa infraestrutura de distribuição elétrica, torna-se mais importante ter sensores digitais, controles avançados e recursos analíticos adequados para detectar, diagnosticar e corrigir problemas antes que eles causem falhas nos sistemas críticos.

Conectando-se

Ao contrário dos veículos de hoje, os sistemas de distribuição de energia não são concebidos totalmente digitalizados; no entanto, no futuro, espera-se que isto seja cada vez mais comum. A boa notícia é que sua rede elétrica pode já ter iniciado o caminho da digitalização.

Por exemplo, seus painéis de baixa e média tensão podem ter medidores digitais de energia e disjuntores inteligentes que fornecem recursos de conectividade, alguns até com opções modulares. Até sistemas já existentes podem ser adaptados com dispositivos e sensores de comunicação. Essas atualizações ainda são muito econômicas ao considerar os vastos benefícios e o retorno do investimento da digitalização.

A tendência global da Internet das Coisas está permitindo mais conectividade e inteligência em uma maior quantidade de dispositivos: disjuntores, medidores, monitores de qualidade de energia, sensores de temperatura em barramentos, equipamentos com sensores incorporados, como no-breaks e grupos geradores, e equipamentos de automação, como CLPs.

Você pode escolher entre uma variedade de padrões de comunicação, desde a acessibilidade da opção sem fio ao desempenho de alta velocidade da Ethernet. Protocolos de comunicação abertos e não proprietários estão tornando mais fácil do que nunca obter todos esses dispositivos conectados e compartilhando informações.

O cérebro por trás disso tudo

Os dispositivos inteligentes em sua rede de distribuição de energia executam muitas medições, registros e análises. Utilizar-se da IoT significa que os dados podem ser compartilhados facilmente com softwares e armazenados em nuvem, enquanto aplicativos móveis podem acessar estes dados e funções de controle de cada dispositivo.

Tudo isso significa que sua equipe de operações e manutenção obtém acesso fácil e rápido a informações e alarmes importantes, em qualquer lugar que estiver.

Acima de tudo, existem softwares bastante efetivos, que compilam e analisam dados de uma ou mais de suas instalações. Nestes aplicativos, baseados em nuvem e nas instalações, obtém-se todo o potencial da digitalização, permitindo que você veja todos os detalhes de seus sistemas elétricos, supervisionando todos os processos elétricos, recebendo alertas precoces de todos os riscos e aproveitando todas as oportunidades para melhorar a potência, energia e desempenho do equipamento.

Um sistema de distribuição de energia elétrica digitalizado ajudará você a otimizar a segurança de pessoas e ativos, melhorando a confiabilidade e a continuidade dos negócios. Ele fornecerá ferramentas para maximizar a eficiência de energia, permitindo a manutenção baseada em condições. Simplificará o rastreamento de energia e emissões. E, para instalações com recursos técnicos limitados, uma plataforma baseada em nuvem pode atuar como porta de entrada para um suporte 24 horas por dia de serviços especializados.

 

Se você está projetando algo novo ou trabalha com montagem de paineis clique aqui e descubra um espaço feito exclusivamente para seu negócio.

Artigo Original: Digitizing Your Critical Power System: Simple, Smart and Stable


2 Responses
  1. Eng João Bosco

    Realmente o sistema digitalizado auxilia em controle de consumo e demanda das instalações , tive a oportunidade de trabalhar :
    – na indústria onde o controle demanda e essencial para operações de máquinas de solda a ponto , onde se não tivesse este controle a subestação não Tenderia a carga instalada bem como ocorreria ultrapassagem de demanda contratual
    – no comércio também tem suas utilidades operacionais no controle de cargas e de demanda de sistemas .
    A dificuldade na operacionalidade do sistema está na estruturas de mão de obra para operar este sistema das empresas , as empresas não disponibilizam mão de obra para este acompanhamento, atualmente as empresas vem tercerizado todos serviços operacionais, mas não querem aumento de custo em suas estruturas

    Responder

Leave a Reply

  • (will not be published)