Gestão de EnergiaEficiência Energética

Uma atualização sobre a Green Grid, métricas e regulamentação de Data Centers

Recentemente, eu me reuni com Andre Rouyer, da Industry and Alliances for The Green Grid, ao visitar a Data Centres Europe. Eu pedi para ele me colocar a par de algumas notícias sobre o que vem acontecendo recentemente na Green Grid. Andre me disse que a The Green Grid mudou sua visão de analisar primariamente a eficiência energética dos data centers para a análise do uso da energia ao longo das fases de projeto, operações e reciclagem do ciclo de vida dos data centers. Andre disse: “É bom analisar a energia, porque ela faz parte do futuro, mas também precisamos analisar a água e as emissões de carbono, pois algumas vezes você pode melhorar a eficiência energética, mas ao mesmo tempo aumentar o consumo de água. Assim, a Green Grid ampliou o seu escopo e atualmente analisa a eficiência dos recursos em todo o ciclo de vida do data center, incluindo o carbono e a água”.

shutterstock_92065808

 

Andre também me disse que a The Green Grid está tomando medidas para reforçar a sua presença nos comitês de normalização europeus. É essencial que, sejam quais forem os insights que suas pesquisas fornecerem, eles sejam incorporados às normas de trabalho reais, tais como as normas IEC ou normas ISO. A The Green Grid também começou a aumentar a sua presença nos dois novos grupos que foram iniciados em 2012. O primeiro é oSC 39, um grupo que está focado na “Padronização relacionada com a interseção da eficiência de recursos e TI, que suporta os aspectos do desenvolvimento, aplicação, operação e gestão economicamente e ambientalmente viáveis”. Ou, como Andre coloca, “métricas padronizadas para data centers”.

O outro é um grupo de coalizão em data centers verdes, um grupo europeu conjunto incluindo CEN, CENELEC e ETSI trabalhando com a The Green Grid (e que é presidida por M. Rouyer) para avaliar o que está sendo usado atualmente e padronizar todas essas métricas.

Encerrei a conversa perguntando a Andre se as notícias da Green Grid ainda atraíam um grande interesse dos proprietários e operadores de data centers. Ele respondeu: “Sim, claro, eles estão ansiosos para saber para onde estamos caminhando, e sempre há preocupações sobre uma futura taxação sobre emissões de carbono. Eles querem se antecipar e preparar para essa eventualidade. Tendo em mente o meu envolvimento na Comissão Europeia, não vejo isso ocorrendo no futuro próximo. Talvez esse assunto esteja pendente, mas não os prevejo surgindo nos próximos dois ou três anos”.

 


No Responses

Leave a Reply

  • (will not be published)