Gestão de Energia / Eficiência Energética

Reduza o risco de incêndio e melhore a segurança de seu equipamento através do monitoramento térmico contínuo

Incêndios causados ​​por falhas elétricas representam um grande risco para pessoas, propriedades e atividades econômicas. Para reduzir o risco de incêndio, o ideal é uma análise térmica, cujo método mais comum é a termografia por infravermelho. Essa técnica pode ser muito eficaz, mas tem alguns defeitos potenciais. Por exemplo, uma conexão que se deteriora rapidamente pode ser ignorada se ocorrer entre duas revisões programadas. Além disso, a necessidade de acessar espaços pequenos cercados por equipamentos elétricos pode colocar técnicos de manutenção em risco de arco elétrico.

A emergente tecnologia de monitoramento térmico contínuo oferece uma maneira mais segura e barata de detectar riscos dessa natureza. Grandes instalações em todo o mundo já estão adotando essas soluções. O Facebook, por exemplo, utiliza o monitoramento térmico em um dos seus maiores data centers na Suécia, a fim de evitar o risco de arco elétrico,  fornecendo alertas para qualquer irregularidade.

Monitoramento contínuo

O monitoramento térmico é realizado pelo uso de sensores térmicos individuais, que também oferecem a possibilidade de monitoramento, por exemplo, da umidade. Estes podem ser instalados em média ou baixa tensão permanentemente, nas conexões de barras, nos cabos, nos terminais dos disjuntores ou nos transformadores de média tensão.

Graças a esses sensores, é possível monitorar qualquer aumento de temperatura não programado em tempo real. Além disso, o sistema pode incorporar um modelo de temperatura por níveis de referência, e pode prever a temperatura das conexões e compará-los ao real, detectando qualquer aumento térmico com maior precisão.

Conexão sem fio

Esses sensores utilizam tecnologia wireless, o que simplifica ainda mais a instalação, além de eliminar qualquer problema de isolamento. Embora eles normalmente se alimentem diretamente do barramento, esses sensores podem incorporar sua própria bateria.

Uma rede desses sensores permite um monitoramento automatizado de 24 horas capaz de detectar qualquer anomalia térmica, sem necessidade de inspeção manual, com o risco do pessoal associado. Os dados são enviados para um sistema de gerenciamento de energia ou para um diretório na nuvem, de onde ele pode ser acessado para aplicativos de análise.

Esteja ciente de qualquer risco

Os sistemas de monitoramento térmico geralmente incluem alertas automáticos, enviando avisos para dispositivos móveis sobre operações e equipamentos de manutenção para ajudá-lo a responder antes que ocorram danos ao equipamento.

Os dados históricos podem prever problemas térmicos muito antes que eles possam vir à tona. Uma análise de fase pode aprofundar a diferenciação e isolamento de cada incidente, como vazamento térmico em um transformador.

Soluções de monitoramento baseadas em nuvem permitem o compartilhamento de dados com serviços especializados externos. Estes podem subtrair uma grande carga de trabalho das equipes de gerenciamento de instalações, oferecendo serviços de análise e consultoria, bem como estratégias de manutenção atualizadas para melhorar a confiabilidade do equipamento.

Entenda como é possível otimizar seu plano de manutenção.

Um maior retorno

Além de todos os benefícios mencionados, o monitoramento térmico contínuo pode oferecer um grande impulso ao ROI em relação à termografia infravermelha tradicional. Estima-se que a termografia pode dar um retorno de 4:1. Se comparado ao longo de um período de 20 anos, uma solução de monitoramento térmico pode dar um retorno de até 10:1, levando em conta tanto o CAPEX quanto o OPEX.

Com a solução Asset Connect da Schneider Electric, é possível realizar a instalação desses sensores em equipamentos existentes, sem a necessidade de realizar grandes investimentos em equipamentos novos. Otimizando ainda mais o seu ROI.

Consulte um representante comercial da Field Services, ou entre em contato conosco através do e-mail field.servicesbr@schneider-electric.com.


No Responses

Leave a Reply

  • (will not be published)