Gestão de Edifícios

Um exemplo de Smart Building: a nova sede da JLL na região APAC assegura a máxima satisfação dos colaboradores

Nos últimos meses, os proprietários e operadores de edifícios têm enfrentado um número excecional de desafios económicos e operacionais – talvez até os maiores das suas carreiras.

Embora esta situação tenha colocado muitas organizações sob pressão, também tem sido uma oportunidade para reavaliar as características dos edifícios que podem afetar o bem-estar e a produtividade dos seus ocupantes, bem como o próprio desempenho operacional da estrutura.

As empresas mais visionárias estão a adotar uma abordagem holística, abraçando totalmente as várias vantagens da tecnologia Smart Building para progredir de forma mais rápida e eficaz. Como afirmou Darren Battle, Asia-Pacific Head of Corporate Real Estate and Workplace da JLL, “Para a total recuperação das empresas é necessária uma abordagem mais inteligente à gestão de infraestruturas.”

 

A solução de edifícios integrada e completa inclui mais de 150 sensores habilitados para a IoT.

A JLL, líder global de serviços imobiliários, seguiu os seus próprios conselhos quando definiu os requisitos para a sua nova sede na região Ásia-Pacífico (APAC), localizada em Singapura.

O edifício é o primeiro projeto-piloto de um Smart Office da empresa, funcionando como modelo para o “Futuro do Local de Trabalho.” Battle explica: “Na JLL tentamos abraçar o lado humano dos negócios. Na nossa sede para a região APAC todo o design do edifício é centrado nas pessoas. Acreditamos que proporcionar a melhor experiência humana no espaço do escritório é fundamental para a nossa excelência operacional.”

O principal desafio para a JLL era consolidar quatro escritórios em toda Singapura num só espaço de última geração, capaz de assegurar a melhor experiência humana possível.

Precisava de ser um ambiente de trabalho relevante e envolvente para a nova geração de trabalho. Equilibrando-se com o foco nas pessoas, o edifício precisava também de ser hiper eficiente e sustentável. Um local assim exigia uma infraestrutura inteligente.

Uma escolha inteligente de tecnologia e serviços Smart Building

A escolha da tecnologia de Smart Building certa era fundamental para alcançar os ambiciosos objetivos deste projeto. A JLL encontrou-a na nossa plataforma EcoStruxure Building. A “chave” para projetar e implementar a solução foi o apoio da Automated Lifestyle, um Parceiro EcoXpert Light and Room Control da Schneider Electric.

Esther Wong, Director da Automated Lifestyle, afirma: “Um escritório inteligente começa com um sistema inteligente, desenhado para ajudar a medir e a gerir a utilização de energia e as condições de bem-estar. Trabalhámos com a Schneider Electric em cada etapa para oferecer uma solução de escritório inteligente completa à JLL.”

A solução de edifícios integrada e completa inclui mais de 150 sensores habilitados para a IoT que monitorizam a utilização do espaço, o movimento das pessoas e a qualidade do ar. Em todo o sistema de distribuição elétrica, a monitorização da energia inclui a utilização dos sensores de energia sem fios PowerTag.

Todas as condições ambientais e de iluminação das salas são geridas através do sistema KNX Lighting Control e dos controladores de divisão SE 8000, que asseguram o controlo da iluminação, dos estores e das esculturas cinéticas. Também foram integrados sistemas audiovisuais para um controlo mais conveniente.

No centro desta solução estão aplicações e serviços avançados de monitorização, controlo e analítica. As tarefas de gestão do edifício são automatizadas pela aplicação EcoStruxure Building Operation e pelos servidores de automação em rede.

A aplicação inclui um módulo Energy Expert que ajuda a equipa de facilities do edifício a monitorizar a utilização de energia, a alcançar objetivos de conservação e a detetar, diagnosticar e responder rapidamente a quaisquer problemas relacionados com energia.

Por fim, o EcoStruxure Building Advisor está conectado a uma equipa de especialistas da JLL que monitoriza ativamente o edifício e mantém o seu desempenho, ajudando a otimizar a manutenção e a maximizar o valor dos ativos.

Onde a tecnologia se une à experiência humana

O resultado de uma visão sólida que levou às escolhas certas em termos de design resultou num escritório de Nível A que se estabelece como uma nova referência de mercado para os locais de trabalho. O novo Smart Office aproveita o Big Data e a IA para reduzir significativamente os custos operacionais, melhorar a produtividade e conquistar a satisfação dos colaboradores.

O conforto térmico e o bem-estar são geridos de forma cuidadosa, enquanto os colaboradores beneficiam de uma maior interação e de uma experiência de utilizador harmoniosa.

Por exemplo, com a automação do edifício os utilizadores nunca precisam de carregar num interruptor; e os espaços personalizados e do mais alto nível dão resposta a diferentes estilos e necessidades. Como refere Battle, “Um estudo sobre a satisfação dos nossos colaboradores apresenta pontuações positivas nos fatores de experiência humana, como as normas de saúde e segurança, a qualidade do ar, a qualidade da luz e a temperatura.”

Com uma plataforma única para a gestão da energia e a monitorização do ambiente, a JLL está agora capacitada para tomar melhores decisões e tirar partido da manutenção baseada em condições. “Os designs modulares e preparados para o futuro das soluções da Schneider Electric também asseguram a hiper-eficiência, contribuindo para uma redução geral de 30% na utilização de energia e nos custos operacionais.”

A nova sede da região APAC tem ajudado a JLL a dar vida à sua própria abordagem à experiência no local de trabalho, proporcionando à equipa um lugar para colaborar, aprender, prosperar e crescer. O espaço oferece a melhor experiência aos ocupantes e garante a excelência operacional, ao mesmo tempo que apresenta tecnologias que possibilitam que a empresa responda melhor às necessidades dos seus clientes.

Darren Battle põe-no desta forma: “Independentemente dos desafios que tenhamos pela frente, acreditamos que a tecnologia pode dar-nos a visão certa para alcançar maiores ambições.”

Para saber mais sobre as vantagens que os edifícios inteligentes proporcionam aos seus ocupantes e às empresas de bens imobiliários comerciais num mundo pós-COVID, consulte o relatório “Smart Buildings and the Future of Work” e visite a página EcoStruxure Building.


No Responses

Leave a Reply

  • (will not be published)