Gestão de Edifícios

Como os controladores de zona (room controllers) ajudam os proprietários dos edifícios a manter o conforto dos ocupantes e ao mesmo tempo que reduzem os custos energéticos

Autor: Francisco Pombas é o Diretor Comercial da Domótica SGTA. A Domótica SGTA é um parceiro EcoXpert™ de nível Master.

Francisco Pombas é o Diretor Comercial da Domótica SGTA. A Domótica SGTA é um parceiro EcoXpert™ de nível Master.

De acordo com a Agência Internacional de Energia, os edifícios consomem cerca de 40 por cento do total da energia mundial. Sendo os proprietários ou os arrendatários dos edifícios responsáveis pelo pagamento destas faturas energéticas, pela redução das emissões de CO2 e pela manutenção da satisfação dos utilizadores dos espaços, a maioria está focada em estratégias que ajudarão a melhorar a eficiência energética, ao mesmo tempo que aumentam o conforto dos ocupantes. Um tal ato de equilíbrio requer uma tecnologia inteligente, como controladores de zona, que seja suficientemente flexível para detetar as condições ambientais da divisão e para responder através de ajustes baseados no comportamento interno dos ocupantes e nas condições climatéricas externas.

Na Domótica SGTA, somos um parceiro EcoXpert™ BMS de nível Master, especializado na conceção, instalação e colocação em funcionamento de sistemas de gestão de edifícios (BMS) e automação de edifícios. Aconselhamos regularmente os proprietários dos edifícios sobre a forma de melhorar o desempenho dentro dos seus edifícios. Explicamos-lhes que os seus edifícios se comportam como organismos vivos. Estes mudam e evoluem constantemente. A utilização de um determinado espaço dentro de um edifício está frequentemente em mudança. Hoje, uma determinada divisão pode ser concebida como um open space. Amanhã, esse espaço pode ser dividido em salas de reuniões. Depois, mais tarde, uma dessas salas de reunião pode ser convertida numa série de gabinetes para os colaboradores.

Estas mudanças têm um impacto dramático sobre a forma como o ambiente desse espaço é controlado. Os parâmetros que podem ter sido definidos para uma divisão vazia precisam de ser ajustados para acomodar ocupantes. Se esses ocupantes estiverem presentes nesse espaço apenas ocasionalmente, um conjunto de parâmetros precisa de ser ajustado. Se, no entanto, o espaço for utilizado como um espaço de trabalho permanente, então os parâmetros de ventilação, aquecimento, refrigeração e iluminação precisam de ser ajustados de forma diferente, caso se pretenda poupar energia e que os ocupantes trabalhem num espaço confortável.

Controladores de zona independentes redefinem o modo como o conforto e a energia são geridos

Nos últimos anos, surgiu uma tendência dentro do setor dos edifícios que favorece o controlo dedicado de cada zona, divisão ou open space de um edifício. Este controlo independente envolve a gestão de dispositivos de infraestruturas, tais como luzes, ventilação, refrigeração e aquecimento e estores automáticos.

Para satisfazer estas exigências, fabricantes líderes como a Schneider Electric desenvolveram soluções técnicas conhecidas como controladores de zona (room controllers). Estes dispositivos oferecem várias vantagens, tanto para os fornecedores de tecnologia como para os utilizadores finais:

Ambiente de programação aberto

Com base na natureza aberta do hardware controlador de zona, os software developers podem ser flexíveis na forma como concebem uma solução de controlo para a utilização de um espaço. Isto ajuda a impulsionar a eficiência energética. Se as várias divisões de um edifício são semelhantes, como acontece na maioria dos hotéis, por exemplo, é fácil criar uma solução padronizada. Para um utilizador final, isto equivale a custos operacionais mais baixos.

Facilidade de instalação e flexibilidade

Os dispositivos controladores de zona são fáceis de instalar e não-intrusivos. A cablagem necessária é muito menor do que no caso dos tradicionais sistemas de gestão de edifícios centralizados. A instalação pode ser realizada em apenas algumas horas, em vez de dias.

Conformidade regulamentar

Os mais recentes regulamentos europeus de gestão técnica dos edifícios, nomeadamente a norma EN15232, exigem que os proprietários dos edifícios integrem o controlo do AVAC, estores e iluminação ao nível do espaço individual. Os controladores de zona ajudam os proprietários dos edifícios a cumprir estas exigências de uma forma relativamente acessível.

Maior conforto dos ocupantes

Os controladores de zona proporcionam aos ocupantes um controlo direto dos ambientes das mesmas. O design de fácil utilização dos ecrãs tácteis permite aos ocupantes dos espaços utilizar ícones simples para definir a temperatura, iluminação e pontos de regulação dos estores, para que o seu conforto pessoal possa ser maximizado.

Poupança de energia

Os controladores de zona facilitam a adaptação a diferentes configurações do espaço para que a eficiência energética seja maximizada. As predefinições podem ser programadas de tal forma que a regulação dos estores, iluminação e AVAC seja otimizada para poupar energia. Num dia quente, o controlador de uma determinada divisão coloca os estores para baixo, para impedir a entrada do sol e ajusta a iluminação se a divisão estiver ocupada, de modo a compensar a perda de luz solar. No inverno, os parâmetros são invertidos. Os estores são abertos para captar o calor do sol e baixam-se as luzes, com base na quantidade de luz solar na divisão.

Simplicidade de manutenção

Se 50 divisões distintas tiverem os seus próprios controladores de zona e um controlador se avariar, apenas um espaço ficará fora de serviço (por oposição a um andar inteiro ou a uma ala inteira de um edifício, como é o caso quando os sistemas de controladores centralizados tradicionais falham). Se uma unidade falhar, uma simples peça de substituição mantida em stock pode ser ligada para substituir a unidade que falhou. O processo pode demorar menos de 20 minutos. Uma base de dados armazena uma cópia de segurança de todas as predefinições do programa, para que o novo controlador funcione com a mesma configuração de entradas e saídas que a unidade substituída.

Aceda a mais informações sobre soluções digitalizadas de automação de edifícios

Para saber mais sobre como as soluções digitalizadas de automação de edifícios podem melhorar o desempenho do seu edifício, veja alguns dos nossos outros projetos.

Saiba mais sobre as Soluções de Gestão de Edifícios

Quer saber como a Domótica SGTA, um EcoXpert Schneider Electric, está a ajudar a conceber, instalar e colocar em funcionamento sistemas de controlo e gestão de edifícios (BMS)? Leia mais aqui.

A Domótica SGTA também possui certificação EcoXpert de nível Master para: Controlo de Iluminação e Divisões.

Interessado em conhecer o nosso programa de parceiros EcoXpert? Visite o nosso website para obter detalhes sobre os benefícios para parceiros  de negócios.

Parceiros EcoXpert™ – os Braços de Implementação da EcoStruxure™

O Programa de Parceiros EcoXpert é único no seu setor e é composto por um ecossistema global de conhecimentos especializados que é o melhor da sua classe. Formados e certificados pela Schneider Electric, os EcoXperts são os braços de implementação da EcoStruxure e Wiser em todo o mundo.

Programa de Parceiros EcoXpert da Schneider Electric junta os principais fornecedores de tecnologia do mundo, que apresentam as melhores competências de integração de sistemas na otimização de instalações, infraestruturas fiáveis e gestão de energia da sua classe, com os seus clientes de todo o mundo. Somos mais fortes juntos: esta parceria cultiva a colaboração, liga especialistas e fornece os melhores serviços e soluções da sua classe.

Consulte EcoXpert para saber mais.

 

 


No Responses

Leave a Reply

  • (will not be published)