Energias Renováveis

Adicionando Energia Limpa ao Grid: Phillips, Heineken, Nouryon e Signify Assinam Primeiro Acordo Pan-Europeu Para Futuro Parque Eólico

  • A parceria assessorada pela Schneider Electric apoiará o desenvolvimento de uma capacidade adicional de 126 MW em um parque eólico na Finlândia.
  • Impulsionando o aumento da produção de energia renovável na Europa, espera-se que o acordo acrescente 330 GWh de energia limpa à rede elétrica.
  • Unindo forças para um futuro sustentável, Phillips, Heineken, Nouryon e Signify se comprometeram a contratar energia renovável do parque eólico pelos primeiros 10 anos através de um Virtual Power Purchase Agreement (VPPA).

Philips, Heineken, Nouryon e Signify formaram o primeiro consórcio a assinar um acordo pan-europeu de energia verde garantindo energia renovável adicional para a Europa. As quatro empresas orientadas pela Schneider Electric têm uma visão compartilhada para reduzir ainda mais as emissões de CO2 em apoio ao Acordo de Paris da ONU e aos objetivos do Acordo Verde Europeu.

As empresas se unem para apoiar o desenvolvimento de 35 turbinas eólicas no município de Mutkalampi, na Finlândia, cuja conclusão está prevista para 2023. O VPPA cobre um volume de produção esperado de 330 GWh por ano – equivalente ao consumo elétrico de 40.000 residências. Em comparação com a geração média européia de eletricidade, esta energia renovável ajudará a evitar mais de 230.000 toneladas de emissões de CO2 por ano.

O consórcio se comprometeu a contratar energia renovável do parque eólico durante os primeiros 10 anos através de um VPPA. A energia elétrica será fisicamente entregue à rede finlandesa enquanto os quatro parceiros se beneficiam das Garantias de Origem. Esse prometimento proporciona previsibilidade de renda para o projeto e ao mesmo tempo, garante os benefícios de energia limpa para os compradores corporativos.

Embora as empresas tenham assinado PPAs para fontes renováveis no passado, esta é a primeira vez que tal consórcio formou um VPPA para impulsionar a eletricidade renovável para a Europa.

Através do consórcio, a Heineken fornecerá energia renovável para mais 31 de suas operações de cervejarias européias, a Nouryon continuará seu progresso na redução das emissões de CO2 em 25% até 2025, a Philips assegura o fornecimento de eletricidade renovável para alimentar suas operações européias por um período de 10 anos e a Signify irá solidificar sua posição de liderança no uso de fontes 100% renováveis e dobrar o ritmo para alcançar o Acordo de Paris sobre sua cadeia de valor até 2025.

Marcel Galjee, Vice-Presidente de Energia e Novos Negócios da Nouryon Industrial Chemicals: “Como parte de nosso compromisso com um futuro sustentável, estabelecemos uma meta de reduzir as emissões de carbono em 25% entre 2020 e 2025 e aumentar nossa parcela de energia renovável e com baixo teor de carbono para 60%. Este PPA virtual combina o melhor de dois mundos: energia renovável adicional realizada na Finlândia onde há espaço, tanto fisicamente quanto na rede, enquanto nos beneficiamos de energia mais sustentável para nossas operações”.

Jorge Paradela, Diretor de Assuntos Corporativos na Europa da Heineken: “Como parte de nosso programa de redução global CO2, Drop the C, temos como objetivo reduzir significativamente as emissões em toda a nossa cadeia de valor e estamos comprometidos em atingir 70% de energia renovável na produção de nossas cervejas até 2030. Este VPPA é outro passo em direção à nossa ambição e fornecerá a eletricidade equivalente para fabricar mais de 5 bilhões de garrafas de cerveja. Sempre que possível, nosso objetivo é desenvolver PPA’s locais para nossas empresas operacionais. Por exemplo, a Heineken Espanha assinou um PPA de longo prazo envolvendo a construção de uma nova usina solar fotovoltaica. Nem sempre é possível construir localmente, portanto, temos o prazer de unir forças para fornecer energia renovável significativa para a Europa. Acreditamos firmemente no poder da colaboração para ajudar a contribuir para um mundo e um futuro mais verde para todos nós”.

Robert Metzke, Chefe Global de Sustentabilidade da Philips: “As mudanças climáticas ameaçam nossos sistemas de saúde globalmente. Com essa parceria podemos aumentar conjuntamente o fornecimento de energia verde em toda a Europa, em conformidade com o Acordo de Paris da ONU. Como empresa, estamos comprometidos em fazer negócios de forma responsável e sustentável. Com este acordo, asseguramos o fornecimento de fontes renováveis para alimentar nossas operações globais por um período de 10 anos, proporcionando um progresso real em nossas metas climáticas de 2025. Até o final deste ano, seremos neutros em carbono em nossas próprias operações, e nosso objetivo é obter mais de 75% de nosso consumo total de energia de fontes renováveis até 2025”.

Nicola Kimm, Chefe de Sustentabilidade, Meio Ambiente, Saúde e Segurança da Signify: “O mundo enfrenta cada vez mais os desafios colocados pelas mudanças climáticas. A hora de agir é agora. Já alcançamos neutralidade de carbono para todas as nossas operações globais no início deste ano e trabalhamos 100% com energias renováveis. Agora estamos nos comprometendo a duplicar o ritmo para alcançar o Acordo de Paris sobre nossa cadeia de valor até 2025. A união de forças para realizar este PPA pan-europeu acelerará a transição para energia limpa e apoiará nossas ambições de ação climática. Esperamos incentivar outros instituições para que possamos reduzir coletivamente as emissões de carbono em todo o mundo”.

O novo parque eólico será realizado pela Neoen, produtora francesa de energia renovável. As quatro partes foram aconselhadas sobre o consórcio pela Schneider Electric.

Traduzido do original disponível em https://perspectives.se.com/renewable-energy/philips-heineken-nouryon-signify-schneider-pan-european-consortium-wind


No Responses

Leave a Reply

  • (will not be published)