EcoStruxure

Como a Inovação no Monitoramento de Energia está Impulsiando a Eficiência da Fabricação de Produtos Farmacêuticos

As indústrias farmacêuticas enfrentam os desafios de manter um ambiente com condições seguras e, ao mesmo tempo, reduzir o uso de energia e os custos de funcionamento das instalações. Os órgãos reguladores e organizações associadas no mundo todo exigem padrões cada vez mais rigorosos. O principal requisito é ter um registro completo com todos os dados das condições ambientais, processos seguidos e parâmetros utilizados para o desenvolvimento e produção de medicamentos. Esses dados são essenciais para que as indústrias farmacêuticas demonstrem a qualidade dos produtos e para que um ambiente de fabricação adequado seja mantido.

Portanto, a integridade e a segurança dos dados são a chave para gerenciamento do compliance. Falhas em não cumprir com os requisitos mormativos de qualidade em produtos farmacêuticos pode ser devastador. O não cumprimento pode levar a multas e penalidades financeiras de $ 100 milhões, apreensão e recall de produto e até mesmo fechamento das instalações de fabricação.

Em operações, a disponibilidade de energia é um risco reconhecido para a qualidade do produto. Perturbações na qualidade da energia podem ter um impacto econômico significativo. Uma ligeira variação no fornecimento de energia pode alterar as condições ambientais e os processos químicos, levando à perda de produtos ou lotes, perdas que podem ser normalmente de centenas de milhares de dólares. Se a esterilidade for perdida, as perdas podem chegar a $ milhões. Se houver escassez de produtos, pode haver perda de negócios e reputação no mercado. Além disso, variações de energia prolongadas ou frequentes podem causar mau funcionamento ou danos ao equipamento, pois alguns equipamentos podem ser sensíveis a distúrbios no fornecimento de energia, levando ao superaquecimento e desgaste acelerado. A baixa qualidade de energia pode causar 30%-40% de tempo de inatividade inesperado nos negócios e menos 4% no faturamento anual. Problemas de qualidade podem causar um impacto de longo prazo no valor da marca da empresa e na confiança do mercado.

Em contrapartida, a indústria farmacêutica consome bilhões de dólares em energia anualmente. A melhoria da eficiência energética é uma forma importante de reduzir custos e aumentar os ganhos previsíveis, especialmente em tempos de alta volatilidade dos preços da energia.

Para enfrentar esses desafios duplos, uma empresa européia líder no segmento farmacêutico, cujos medicamentos são usados ​​por milhões de pacientes em mais de 100 países, decidiu modernizar seus métodos de gerenciamento de energia. A empresa enfrentou problemas de qualidade de energia por muitos anos e agora teve o desafio de relatar o consumo de energia separado para cada um dos 65 edifícios em seus campus.

A coleta e consolidação de dados leva a novas percepções de energia e processo 

Para resolver esses problemas, a empresa decidiu recorrer a um fornecedor que estivesse familiarizado com sua instalação: a Schneider Electric. Depois de realizar uma vistoria inicial de energia, a solução proposta para modernizar os sistemas de energia incluiu:

  1. Atualização da capacidade de medição: medidores modernos facilitam a coleta remota automática de dados. Ao reunir dados mais precisos e relevantes dos novos medidores mais inteligentes, a empresa foi capaz de lançar as bases para um plano de gerenciamento de energia eficaz.

2. Além disso, foi feita uma recomendação para consolidar os dados de energia dos cinco sistemas de TI que compõem sua rede Building Management System (BMS) em uma única plataforma chamada EcoStruxure™ Building Operation. Usando as redes locais existentes e tecnologias sem fio, o processo de coleta de consumo de energia, demanda de carga e dados de qualidade de energia – todos com impacto no custo da energia, foi simplificado. E também permitiu compartilhar as informações com os usuários por meio de PCs dedicados e ferramentas baseadas na web.

Inicialmente, os técnicos realizaram um inventário de todos os medidores e conectaram aproximadamente 250 medidores existentes à plataforma centralizada EcoStruxure™ Building Operation. Nas próximas etapas do projeto, medidores obsoletos foram substituídos por medidores PowerLogic, conectados ao software EcoStruxure Power Monitoring Expert para também permitir o rastreamento em tempo real, garantir a confiabilidade da rede, responder a alarmes rapidamente e restaurar as operações.

Os benefícios incluem maior visibilidade aos dados e controle de custos tangíveis

Ao digitalizar sua abordagem de gestão de energia, a empresa farmacêutica européia se beneficiou das seguintes maneiras:

  • Relatórios automatizados de acordo com as regulamentações de energia – Por meio de relatórios e planilhas de dados aprimoradas de energia, a empresa agora produz relatórios de energia muito mais detalhados em toda a sua gama de processos de fabricação.
  • Um sistema simplificado para gerenciamento de energia de edifícios – Os dados de energia agora podem ser facilmente coletados, centralizados, monitorados e analisados ​​para que as eficiências sejam otimizadas em todos os locais de construção, resultando em gastos reduzidos de energia.
  • Maior controle e visibilidade sobre problemas de qualidade de energia – O sistema emite alarmes quando os limites de consumo de energia são alcançados e quando problemas de qualidade de energia são detectados, identificando oportunidades adicionais de economia de energia e minimizando os eventos de paralisação relacionados à qualidade de energia.

A gestão de energia não é um processo fácil e requer tempo e esforço. Mas a experiência tem mostrado que uma abordagem de eficiência energética modernizada compensa-se em custos de energia reduzidos, desperdício de energia minimizado, eficiência aprimorada e sustentabilidade de longo prazo. A empresa farmacêutica européia que implementou esta transformação da gestão de energia cita economias nos gastos com trabalho relacionados à energia e compliance de 72 dias úteis anuais. Esta é a hora que as operadoras, agora, usam para se concentrar no negócio de produção de medicamentos de classe mundial, seguros e eficazes.

Para mais exemplos de como o monitoramento de energia ajuda os fabricantes de produtos farmacêuticos, visite o post anterior.

Ou visite EcoStruxure™ for Life Sciences para saber mais sobre como a Schneider Electric está ajudando a indústria encarregada de alimentar o mundo.

Este artigo foi adaptado da sua versão original em inglês, publicada no blog global da Schneider Electric.


No Responses

Leave a Reply

  • (will not be published)