EcoStruxure

Thin Clients e Web Clients, qual a diferença?

Será que sua aplicação necessita de IHMs (Interfaces Homem-Máquina) e Computadores Tradicionais? Talvez você consiga economizar dinheiro, otimizar a administração do ciclo de vida das aplicações e ganhar produtividade utilizando Thin Clients e Web Clients.

Qual a diferença?

Thin Client é um computador mais barato e “leve” otimizado para conexão remota. Nesse caso um servidor faz a maior parte do trabalho, executando as aplicações que são acessadas por diversas estações de trabalho remotas (Thin Clients).

Web Client é um Navegador Web para aplicações que permitem usar essa interface. Basicamente um Web Client é usado sempre que a aplicação tem uma interface Web completa. Imagine uma aplicação que poderia ser acessada do navegador Web (Chrome, Internet Explorer) do seu PC ou Mac: essa aplicação pode da mesma forma ser acessada de um Web Client.

A tendência de Interfaces Homem-Máquina (IHMs) com Web Clients

Cada vez mais produtos nascem com servidor HTML5 para permitir configuração de parâmetros e visualização de dados em diversos devices como PCs, Smatphones, Tablets e com isso muitas vezes não há necessidade de se desenvolver uma aplicação dedidcada para IHMs e com isso nasceram as IHMs com Web Client.

Exemplos de uso: através de uma IHM com Web Client fazer o acesso às telas de Supervisão e Controle de um SCADA (Supervisory Control and Data Acquisition); acesso a servidor Web de um Inversor de Frequencia para parametrização do motor e curva de aceleração; acesso ao servidor Web de um PLC (Programmable Logic Controller) para visualizar variáveis e dashboards com diagnósticos do processo; acesso a informações de qualidade e consumo de Medidores de Energia; acesso a parâmetros e status de Relés de Proteção.

Benefício: as IHMs Web Client são mais baratas do que IHMs com capacidade de executar aplicações proprietárias, além de não haver necessidade de desenvolvimento e manutenção de aplicações dedicadas para as IHMs para visualização de dados e parametrização uma vez que os devices (Inversores, PLCs, Medidores de Energia, Relés Inteligentes) já vem com essa interface HMTL5 pronta ou quando já se tem uma aplicação SCADA desenvolvida.

IHM com Web Client acessando através de navegador os servidores Web de outros devices e sistemas

E os Thin Clients?

Uma forma muito confiável e que é suportada por grande parte dos desenvolvedores de Softwares é o uso do Microsoft Remote Desktop Services (RDS).

A tecnologia RDS da Microsoft permite o acesso através de Thin Clients (rodando sistema operacional Windows 10 por ex) a aplicações que estão sendo executadas em servidores (Windows Server 2016 ou 2019 por exemplo) sendo que também há suporte a virtualização. Dessa forma o servidor pode estar on premise ou em nuvem, podendo ser virtualizado ou não. Como o RDS e Virtualização são tecnologias populares e largamente utilizadas, hoje a maior parte dos desenvolvedores de softwares suporta essas tecnologias (mas verifique sempre as notas de compatibilidade do software com sistemas operacionais).

Numa arquitetura RDS, como o servidor é quem executa as tarefas pesadas, os Thin Clients são computadores com menor necessidade de capacidade de processamento, memória RAM e armazenamento (em alguns casos nem precisam de armazenamento local), logo sendo mais baratos do que um Thick Client (um computador com maior capacidade de processamento e armazenamento usado como cliente, o que ainda é muito usado em muitos casos).

Em geral os servidores estão instalados em racks 19″ em salas de TI com ambiente controlado e refrigerado, porém os Clientes (Thin Clients) podem estar em ambiente industriais com alta temperaura, vibração, sujeira, interferência eletromagnética, entre outros elementos agressivos ou até mesmo em áreas classificadas com risco de explosão (que demandam certificação IECEx por ex) e daí surgiram os Thin Clients industriais, que nada mais são do que Computadores Industriais (iPCs – Industrial PCs) otimizados para trabalharem como Thin Clients.

Exemplos de uso: quando tenho necessidade de executar aplicações grandes, robustas (muitas vezes com redundância de servidor) e com grande número de clientes como por exemplo Supervisórios (SCADAs), softwares de Controle de Bateladas, Historiadores, entre outros.

Benefício: os benefícios são muitos mas para citar alguns:

  • Redução de custos – os PCs utilizados como Thin Clients são mais baratos do que PCs convencionais, além de redução de custos com administração e manutenção (TI) do sistema como um todo, uma vez que o servidor é o grande responsável por toda a aplicação, ou seja, não há grande necessidade de atualizações constantes nos clientes. A manutenção e atualizações se concentram numa única peça: o servidor. Outro custo reduzido é com o consumo de energia uma vez que um Thin Client consome muito menos do que um Thick Client.
  • Aumento de produtividade através de fácil gerenciamento e distribuição de aplicações – o “grosso” do gerenciamento do sistema fica concentrado no servidor e quando há a necessidade de se criar um novo cliente ou de substituir um que tenha apresentado problema, não há necessidade de instalação de e configuração de nada “pesado” no cliente o que traz aumento de produtividade.
  • Cybersegurança – o processamento centralizado no servidor torna muito mais fácil a proteção dos dados e atualizações de cybersegurança. Os Thin Clients não armazenam dados críticos e portanto não demandam grandes esforços de cybersegurança.


Arquitetura EcoStruxure Plant com Servidores Redundantes e Thin Clients usando tecnologia RDS

E o que a Schneider Electric pode oferecer?

A Schneider Electric tem solução completa que engloba novas IHMs de baixo custo com recurso de Web Client, PCs industriais otimizados para uso como Thin Clients, além do maior portfolio de softwares industriais do mercado.

IHMs com Web Client

A nova linha de IHMs Magelis ST6 conta com os modelos STW6 que trazem o recurso de Web Client: https://www.schneider-electric.com/en/product-range-download/65770-magelis-st6/

Thin Clients Industriais

A linha de PCs e Panel PCs Industriais Magelis da Schneider Electric inclui os modelos HMIBMP, HMIBMU, HMIBMO e HMIBMI que são otimizados para uso como Thin Clients, além de modelos de servidores para rack 19″: https://www.schneider-electric.com/en/product-range/61054-magelis

O mais completo portfolio de softwares industriais

As soluções AVEVA são parte integrante da arquitetura EcoStruxure Plant onde encontram-se soluções de Planejamento, Monitoramento e Controle, Gerenciamento de Ativos e Otimização de Processos: https://sw.aveva.com/wonderware

Para mais informações entre em contato com seu Consultor Schneider Electric ou envie mensagem para digitalplant.br@se.com


No Responses

Leave a Reply

  • (will not be published)