Micro Data Centers evoluem para atender aos novos requisitos de negócios de Edge Computing

Avanços recentes na tecnologia expandiram as possibilidades de onde os dados são coletados, processados, armazenados e analisados. Como resultado, a equipe de TI e seus colegas de negócios agora podem decidir se seus aplicativos são mais eficientes residindo na nuvem, em um Data Center tradicional ou na borda da rede. Pela primeira vez, os aplicativos estão determinando onde eles funcionam melhor. Cada vez mais, os Micro Data Centers continuam sendo a tecnologia de escolha para gerenciar as crescentes necessidades de computação em muitos ambientes de Edge Computing.

Esses requisitos de computação de ponta estão crescendo rapidamente. Espera-se que os gastos mundiais com Edge Computing atinjam US$ 176 bilhões em 2022[1], aumentando 14,8% em relação a 2021, e projetados para atingir US$ 274 bilhões em 2025[2]. Prevê-se que os gastos de empresas e provedores de serviços em hardware, software e serviços para soluções de computação de ponta sustentem esse ritmo de crescimento.

O papel dos Micro Data Centers na borda

Em alguns ambientes, o Edge Computing habilitado por Micro Data Centers ajuda as organizações de negócios a reduzir a necessidade de transmissão de dados entre redes, reduzindo assim os custos de banda larga. Alguns aplicativos, nos quais a latência é um problema, podem não ser adequados para trabalhar com eficiência em ambientes de nuvem. Em outras situações em que conexões de rede instáveis causam muito tempo de inatividade no local remoto, o tempo de inatividade não planejado também pode ser evitado. Por exemplo, em lojas de varejo remotas onde os clientes esperam serviço sob demanda, uma interrupção na rede em nuvem pode afetar tudo negativamente, desde vendas até segurança e experiência do cliente. O Edge Computing pode manter esses negócios e gerar receita de forma consistente, ajudando assim a oferecer uma ótima experiência ao cliente.

Além disso, com o crescimento explosivo da transformação digital na borda, as empresas estão mudando as estratégias para impulsionar a colaboração e reimaginar os processos de trabalho. A adoção de tecnologias-chave, como aplicativos 5G e Internet das Coisas (IoT), está aumentando rapidamente. Essa demanda é impulsionada pela capacidade das redes 5G de oferecer suporte a dispositivos IoT com conectividade mais rápida para aprimorar as operações e reduzir a latência. No entanto, a integração 5G requer um esforço e soluções colaborativas entre TI, linhas de negócios, segurança cibernética, provedores móveis e parceiros estratégicos. Uma solução é um Micro Data Centers, que pode ser usado para construir a infraestrutura necessária para suportar a tecnologia 5G.

Esse caso de uso é um forte argumento a favor do Edge Computing quando o gerenciamento local é colocado em uma posição mais flexível para manter um grau mais alto de continuidade de negócios. No entanto, à medida que o interesse pela computação de ponta cresce e se expande, as empresas precisam decidir que tipo de sistema melhor suporta esses ambientes. Além disso, quem dará suporte a esses sistemas uma vez que estejam instalados? Afinal, em muitos locais, como lojas de varejo, bancos, pequenos escritórios e fábricas, normalmente não há uma equipe de TI disponível para oferecer suporte e experiência em Data Centers.

 

EcoStruxure Micro Data Centers – um olhar mais atento

Talvez a vantagem mais importante de um Micro Data Center seja sua flexibilidade para ser usado em uma ampla variedade de aplicações. As soluções individuais de Micro Data Centers podem ser aproveitadas para simplificar a solução dos principais desafios de negócios – sejam implantações rápidas e facilmente repetíveis, a resiliência ou uma necessidade de computação local sem suporte de TI local.

Os Micro Data Centers são particularmente adequados para ambientes de Edge Computing onde as equipes de TI geralmente enfrentam desafios únicos. Por exemplo, muitos aplicativos de borda precisam ser implantados em lojas, escolas, bancos e locais semelhantes, que geralmente não possuem espaços projetados para hospedar aplicativos de borda. Esses locais podem oferecer espaço em um armário de suprimentos ou em um pequeno escritório, o que geralmente não é ideal para infraestrutura crítica de TI. Além das restrições de espaço, fatores ambientais, desde poeira e possíveis vazamentos de água até amplas faixas de temperatura e umidade, entram em jogo. Por fim, as equipes de TI precisam implantar soluções de computação que atendam aos requisitos de nível de som para evitar que o ruído seja perturbador para funcionários e clientes. Os Micro Data Centers abordam esses problemas com fatores de forma adequados às limitações de espaço disponível, gabinetes para proteção contra ameaças de poeira e água e recursos de supressão de ruído.

Escolhendo um Micro Data Center

Então, como os profissionais de TI responsáveis pelas instalações de Edge Computing podem avaliar várias opções de Micro Data Centers? Primeiro, é crucial procurar ofertas de Micro Data Centers que forneçam uma solução pré-configurada, pré-testada e pré-integrada, combinando computação hiperconvergente, software de operações, monitoramento ambiental, distribuição de energia e proteção de energia, tudo em um rack seguro.

Há também a questão prática das considerações de espaço nos locais de implantação. Muitas opções de Micro Data Centers exigem muito pouco espaço físico para o sistema e tempo mínimo para configurá-lo. Além disso, como muitos locais remotos podem não ter uma equipe de TI no local, pode ser necessária uma solução de Micro Data Centers plug-and-play mais simples. Esta opção requer apenas que os sites locais forneçam uma conexão de energia e comunicação para ligar o sistema e começar a executar aplicativos e processar dados locais. Com software complementar como o EcoStruxureTM IT Expert da Schneider Electric, a equipe pode monitorar e manter remotamente equipamentos críticos de energia, refrigeração e ambiente para otimizar o desempenho e manter os sistemas funcionando continuamente.

 

Descubra como os Micro Data Centers permitem o Edge Computing

Quer saber mais sobre como os Micro Data Centers podem ajudar a oferecer continuidade de negócios e inovação em todos os níveis? Descubra como as soluções de Micro Data Centers podem aumentar a confiabilidade e atender às necessidades de requisitos de Edge Computing.

Adicione um comentário

Todos os campos são obrigatórios.