Data Center

Produtividade em tempos de mudança: construir resiliência operacional com a parceria certa

Nos últimos meses, vimos o verdadeiro valor dos sistemas resilientes. E acreditamos que a digitalização é uma forma de resiliência com monitoramento remoto, manutenção preditiva e preventiva e operações remotas, tudo isso para garantir a produtividade.

Com a AVEVA como parceira de software da Schneider, os clientes podem ter acesso a uma profunda experiência técnica e realizar a transformação da produtividade. Craig Hayman (CEO da AVEVA) e Peter Herweck (EVP Industry, Schneider Electric / vice-presidente, AVEVA) explicam mais e mostram como alguns clientes estão usando a digitalização para apoiar a evolução do mercado.

Pergunta: Na nova realidade de hoje, a produtividade é a principal prioridade para as indústrias de manufatura. Como você está vendo as mudanças nas necessidades dos clientes?

Peter Herweck: Nestes tempos conturbados, estamos orgulhosos de ajudar nossos clientes a impulsionar os ganhos de produtividade da fábrica através da automação. A crise atual mostrou que grandes áreas das empresas de manufatura ainda não experimentaram verdadeiras melhorias de produtividade, a não ser no chão de fábrica.

Muitos de nossos clientes de nível C estão convencidos de que uma função escalonada na produtividade pode ser gerada através da digitalização dos processos de trabalho e agora isso está se tornando mais importantes do que nunca.

A digitalização está permitindo a aquisição acelerada de dados e grandes análises de dados, permitindo que nossos clientes visualizem abordagens não tradicionais para impulsionar a produtividade tanto de seu pessoal quanto de seus ativos físicos. Agora, o impulso é para que a digitalização permeie suas organizações desde o chão de fábrica até o último andar.

Porém, para implementar tais mudanças, os clientes exigem soluções que forneçam os dados desejados, criando a transparência necessária aliada a um profundo conhecimento do processo para impulsionar os volumes de produção.

Craig Hayman: As indústrias estão hoje sob pressão para operar com mais eficiência, muitas vezes, aproveitando trabalhadores remotos. Entretanto, embora seja rápido clicar em sua primeira implementação, a transformação não acontece da noite para o dia. É uma jornada que leva tempo, especialmente porque não se trata apenas da tecnologia, mas de uma mudança cultural. E nossos clientes querem orientação sobre como fazer essa jornada de forma otimizada.

E a Schneider Electric e a AVEVA são parceiros comprometidos neste processo. Consideramos que nosso papel é fornecer-lhes as percepções, informações e ferramentas necessárias para detectar os padrões de dados emergentes que irão impulsionar seus ganhos de produtividade.

Com uma gama completa de tecnologias abertas e independentes de sistema e opções de assinatura flexíveis, podemos ajudá-los com uma abordagem adaptada às suas necessidades individuais e construída a partir de seus investimentos em automação existentes. Isto realmente lhes permite acelerar seu retorno sobre o investimento e maximizar os ganhos de produtividade.

Vimos como isso pode ser eficaz em primeira mão por meio da iniciativa global interna da fábrica inteligente da Schneider Electric para digitalizar mais de 80 fábricas de produção em todo o mundo. Estas tecnologias estão resultando em maior eficácia geral do equipamento, melhor gerenciamento de energia, manutenção preditiva e operações ampliadas para treinamento e reparos.

Pergunta: Para os seus clientes que implantaram soluções digitais, que tipos de benefícios eles estão vendo?

Peter Herweck: Para muitos de nossos clientes, grandes melhorias no time-to-market (tempo de colocação no mercado) foram alcançadas. Por exemplo, recentemente, ajudamos um produtor de alimentos a modernizar e digitalizar uma antiga usina de açúcar. Com software e hardware ultrapassados, a usina estava enfrentando de 33 a 40 apagões em um período de 39 semanas. Isto causou paradas de produção inaceitáveis, afetando a produção da fábrica e a qualidade do produto.

Ao desenvolver uma solução que oferecia maior visibilidade das operações da fábrica, eles conseguiram reduzir o tempo de inatividade e alcançar um aumento de 20% na produção.

Craig Hayman: Uma coisa linda acontece quando você permite que seu cliente acesse facilmente os dados de infraestrutura em qualquer lugar e acrescente análises em cima deles. É aí que começa o aspecto de pessoas na transformação digital.

Assim que a equipe vê os dados, eles rapidamente adotam uma abordagem diferente. Agora eles perguntam: “Como posso obter soluções de maior produtividade neste ambiente?”. Eles não querem mais apenas melhorar suas tarefas. Eles querem mudar a forma como trabalham para acessar novos valores.

A Granada Farmácias do Brasil precisava integrar suas duas linhas de produtos enquanto adaptava o conteúdo de cada lote e assegurava uma produção consistente e de alta qualidade. Usando a solução Ecostruxure da Schneider Electric combinada com o software AVEVA Historian, a equipe conseguiu um aumento de produtividade de até 15% por meio da unificação de TI e OT em uma arquitetura aberta e flexível.

A gerente de TI Tatiana Stoeterau disse: “Desde a implementação, aumentamos nossa eficiência, melhoramos a qualidade de nossos produtos e também temos sido capazes de rastrear qualquer etapa do processo”.

No mercado de OT, a flutuação de dados do ambiente de TI para recursos de ponta escalonáveis ​​na nuvem significa que os dados podem fluir mais rapidamente ao redor do ambiente operacional e da cadeia de valor como um todo. Isso exige segurança robusta e sistemas de controle para alavancar a escala total da nuvem de ponta para a empresa – esse é o poder que a parceria AVEVA/Schneider Electric traz, porque podemos rapidamente dar vida a isso para nossos clientes.

Saiba mais durante nossos próximos eventos digitais: AVEVA World Digital e Schneider Electric Um Caminho a Seguir Para a Indústria, sobre como podemos dar início aos seus projetos de digitalização e impulsionar a agilidade em tempos de mudança sem precedentes!


No Responses

Leave a Reply

  • (will not be published)