Arquitetura

Como combinar cores e materiais?

Combinar cores e materiais é sempre uma das partes mais difíceis e mais divertidas da reforma – seja para quem está mudando tudo ou para quem está de mudança. Mas, há quem se sinta inseguro na hora de escolher a tinta ou os metais, tecidos e texturas.

Pensando nisso, temos três maneiras infalíveis para soltar a criatividade e combinar cores e materiais sem medo. Mas antes delas, vale dizer que a regra de um vale para o outro. Aqui, o mais importante é um ambiente harmonioso.

Confira:

  • Tons diferentes

Se você tem uma cor favorita e quer incorporá-la ao décor, uma estratégia simples é escolher diferentes tons, fazendo um verdadeiro degradê no espaço. Não precisa ser algo certinho, com um tom após o outro, mas sim criar uma homogeneidade cheia de personalidade.

  • Base neutra com toque de cor

Quem prefere não se arriscar muito (ou simplesmente prefere um visual mais minimalista) pode se concentrar em uma base neutra que vai automaticamente ressaltar e valorizar o toque de cor.Exemplo: um ambiente de estilo industrial – marcado pelo branco, o preto e o cimento – harmoniza bem com tons metálicos, como o cobre ou o prata. Uma outra ideia é escolher um tom mais forte e repeti-lo sem exageros.Não sabe por onde começar? Dê uma olhada nos produtos Miluz Colors e Orion Class, da Schneider Electric.

  • Cores que se complementam

Tons pastel são matizes que, apesar de diferentes, se complementam, criando um equilíbrio. O azul e rosa claro, por exemplo, ou até mesmo as famosas candy colors. Aqui vale experimentar, mas você também pode se inspirar nas escolhas da Pantone para a Cor do Ano 2021 (um cinza e um amarelo).

 

Post assinado por @apartamento_203

Quer estar sempre por dentro de todas as novidades? Clique aqui e faça parte da nossa base. Seja um de nossos Arquitetos parceiros e receba conteúdos exclusivos.


No Responses

Leave a Reply

  • (will not be published)