Arquitetura

Descubra como o Google Arts e Culture pode ajudar arquitetos

São muitos os recursos empregados na hora de desenvolver um projeto arquitetônico. É preciso aplicar conhecimento técnico, consultar leis específicas, fazer levantamento de dados e, claro, conversar com os clientes. Em meio a tantos processos, o profissional ainda precisa buscar inspiração em obras localizadas em diferentes lugares do mundo.

Não seria bem mais fácil se construções, paisagens e criações de artistas pudessem ser conferidas de perto, nos mínimos detalhes, sem você sequer precisar levantar da cadeira? Pois com o Google Arts e Culture isso é possível sim! Essa ferramenta vem chamando cada vez mais atenção justamente por permitir que as pessoas tenham acesso a ótimas referências sem precisar sair de casa.

As vantagens para quem trabalha com Arquitetura são muitas. Para descobri-las e saber como tirar proveito de cada funcionalidade, acompanhe os próximos tópicos deste post!

O que é como funciona o Google Arts e Culture?

Trata-se de um aplicativo gratuito fornecido pela Google. Como o próprio nome já indica, tem foco na arte e na cultura de várias regiões, possibilitando que os usuários naveguem virtualmente por lugares icônicos, incluindo museus, exposições, fotos, livros, vídeos e manuscritos espalhados por diversos países do mundo.

Com ele, é possível observar até salas e estruturas internas de edifícios históricos, bem como suas respectivas áreas externas — fachadas, calçadas, canteiros e jardins. Tudo isso acontece no ambiente digital e com uma qualidade de imagem incrível! Para os mais curiosos, a ferramenta traz visão 360 graus e recurso de zoom para conferir cada centímetro das obras escolhidas.

Quais os diferenciais do aplicativo?

Pesquisar muito e atualizar conhecimentos são ótimas maneiras de ficar por dentro das tendências sem desconsiderar a história da Arquitetura. Nesse sentido, o Google Arts e Culture tem se tornado um forte aliado de profissionais que gostam de explorar antes de partir para uma nova criação. Visitas virtuais permitem conhecer maravilhas do mundo inteiro sem muito esforço ou custo, bastando selecionar o destino favorito e navegar pelo tempo que desejar.

Veja abaixo alguns dos recursos que você encontrará nesse aplicativo da Google:

  • tours em pontos turísticos: permitem adentrar as construções que abrigam obras famosas e usar uma função conhecida como reconhecedor de arte;
  • navegação por cor e época: opção valiosa para arquitetos e designers por aceitar filtros que buscam imagens a partir de um tom ou período histórico específico;
  • indicação de lugares próximos: aponta quais museus e eventos culturais estão mais perto do usuário do aplicativo;
  • coleção pessoal: possibilita salvar as imagens favoritas e montar coleções, que podem ser compartilhadas com outras pessoas;
  • resumo diário: mostra novidades e curiosidades sempre que o usuário abre o aplicativo;
  • notificações: informam sobre as principais atualizações nas áreas exploradas, incluindo o que está em destaque no tema arte ou cultura;
  • tradução: fornece botão que traduz títulos, nomes e escritos para o idioma do usuário;
  • realidade virtual: possibilita, junto com visor Google Cardboard, mergulhar de cabeça nas exposições.

Como usar o app?

A ferramenta está disponível para os sistemas operacionais iOS e Android, pode ser baixada no Google Play e na App Store. Para usar, basta fazer o download e permitir acesso a itens como local, câmera, contatos e armazenamento do dispositivo. Pronto. Aí é só começar a explorar os recursos e se inspirar com as visitas virtuais!

De que maneira a ferramenta pode ajudar os arquitetos?

Como você viu, o Google Arts e Culture guarda um extenso arquivo com materiais educativos e imagens que ilustram as criações de muitos artistas consagrados. Essa pode ser, portanto, uma excelente fonte de consulta para profissionais que buscam novas ideias e soluções para projetos. Veja de que maneira essa ferramenta contribui com o trabalho dos arquitetos!

Informações sobre lugares e períodos históricos

O banco de dados ligado ao app é enorme. Isso permite que os usuários pesquisem sobre inúmeras regiões de interesse, incluindo detalhes de diferentes fases da história. A análise é incrementada com textos e, principalmente, com figuras que expressam as manifestações artísticas de cada época, seja no campo das pinturas, esculturas, arte de rua, praças, edifícios e Arquitetura de interiores.

Um prédio contemporâneo localizado em Nova York ou uma antiga construção do Egito: tudo pode ser encontrado e analisado bem de pertinho. Definitivamente, vale a pena se deixar perder virtualmente pelo mundo afora para se surpreender com as descobertas.

Estudo de obras específicas e suas contribuições

Como bons apreciadores das artes visuais, os arquitetos conseguem tirar bastante proveito desse aplicativo para estudar estilos, movimentos históricos e processos de criação relacionados a materiais específicos. A experiência proporciona uma aproximação muito significativa dos objetos de estudo, o que não seria possível nem em muitas visitas físicas.

Além do mais, com um clique sobre os conteúdos em forma de texto ou imagem, o usuário ainda tem a possibilidade de acessar arquivos complementares, incluindo anexos com informações detalhadas sobre as características físicas e contextuais das obras, suas proporções, data de criação, nome do autor, técnica empregada e assim por diante. Cabe destacar que boa parte do material está disponível em mais de 15 idiomas aplicados a legendas de vídeos, manuscritos e documentos digitalizados.

Sem falar que, para ampliar o alcance das criações, o Google Arts e Culture fez parceria com mais de 1200 galerias, instituições e museus de 70 países. Isso significa que você pode se deparar com visitas guiadas acompanhadas da narração de especialistas ou até mesmo de figuras conhecidas. Para você ter uma ideia, o vídeo de boas-vindas realizado na Casa Branca traz a voz da Michele Obama, ex-primeira-dama dos Estados Unidos!

Análise interna e externa de construções

Outra vantagem do aplicativo está na possibilidade de avaliar com cuidado as técnicas e os métodos construtivos empregados em diferentes monumentos. Isso é possível porque, com um tour virtual, você consegue visitar um edifício a partir de diferentes ângulos e pontos de acesso.

Vale explorar o entorno de construções e sua estrutura externa antes de adentrar espaços cobertos e fechados. A facilidade para transitar entre ambientes distintos é um dos grandes diferenciais desse app, permitindo ao usuário buscar referências para os mais diversos trabalhos, seja um simples projeto de iluminação ou uma proposta de ocupação urbana.

Agora que você conhece todo o potencial do Google Arts e Culture, pode aproveitar suas funcionalidades para extrair detalhes e inovar nos próximos trabalhos! Certamente será uma prática útil para atrair novos clientes e encantar pessoas com projetos incríveis.

Que tal dividir sua opinião sobre a ferramenta conosco? Fique à vontade para deixar um comentário e participar da discussão!


No Responses

Leave a Reply

  • (will not be published)